Setembro Amarelo: Câmara de Parintins promove palestra sobre Suicídio aos servidores da Casa Legislativa

A palestra aconteceu na manhã desta quarta-feira (25/09) no Plenário Raimundo Almada.

36 pessoas morrem diariamente no Brasil por suicídio. Estes dados são de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), ou seja, é uma morte a cada 40 minutos. A nível mundial o número é ainda mais alarmante: uma pessoa a cada 40 segundos.

Estamos no mês em que se realiza a campanha chamada de “Setembro Amarelo”, movimento que visa conscientizar a sociedade com diversas ações para prevenção ao suicídio. A Câmara Municipal de Parintins, por meio de seu presidente, vereador Telo Pinto (PSDB) se integrou às ações para fortalecer o mês considerado de prevenção ao Suicídio. Para tanto, articulou com a psicóloga Taline Rodrigues uma palestra aos servidores da Casa Legislativa.

A palestra aconteceu na manhã desta quarta-feira (25/09) no Plenário Raimundo Almada. Durante uma hora foi tratado o tema “Suicídio: uma luta contra a dor”. Como metodologia de esclarecimento sobre o assunto a profissional fez dinâmica e exibiu o vídeo intitulado “Setembro Amarelo: Quebrando a Caixa”.

Suicídio é multifatorial, entre as causas foi pontuada os transtornos neuropsiquiátricos, particularmente a depressão. Abordou-se na palestra que, geralmente, há julgamento como ato de covardia, ou até mesmo de coragem. O alerta para o atentado contra a própria vida é que é um ato de desespero.

O vídeo exibido alerta para a atenção e faz analogia ao semáforo. “Olhar ao redor e perceber tudo o que está acontecendo e ter certeza de que não existem pessoas ao seu lado que precisam de ajuda – um abraço, uma palavra, uma atitude. Isso pode fazer toda a diferença, antes de simplesmente acelerar e continuar seguindo”.

Com a palestra fica a mensagem de conscientização da prevenção do suicídio: ouvir, julgar menos, compreender mais e, principalmente, a valorização a vida, por meio da saúde mental.

Assessoria de Imprensa da CMP

você pode gostar também