Gov-01

Ações do Executivo: Vereador Telo pauta benfeitorias em Parintins

É evidente que grandes realizações acontecem no município de Parintins. As benfeitorias foram pauta do Presidente da Câmara Municipal, vereador Telo Pinto (PSDB), durante 16ª Sessão Ordinária, na segunda-feira (11/08).

Seja na zona urbana ou rural, com recursos próprios ou por meio de emendas parlamentares, diversas ações têm ocorrido. Elencou inauguração e construção de escolas, ginásios poliesportivos, reinauguração do Complexo de Esporte, Lazer e Cultura Benedito Azedo entrega de ambulanchas, patrulhas mecânicas e equipamentos agrícolas, entre outros.

Quanto as emendas, desta vez, citou a destinação de recursos pelos senadores da República Eduardo Braga (MDB) e Omar Aziz (PSD). Mencionou que Omar vai estar em Parintins na sexta-feira (14/08) para uma série de inaugurações e o lançamento do asfaltamento, emenda dele e também de Eduardo Braga.

O parlamentar parabenizou ações da Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Habitação (Semasth). “Toda equipe, mesmo na pandemia, não parou de trabalhar um minuto, dando assistência às famílias que necessitavam. Seja na distribuição das cestas básicas, seja no apoio às famílias, seja no apoio ao Conselho Tutelar”, pontuou.

Antes da sessão, foi entregue um ônibus à pasta, ação também pautada pelo parlamentar. “Sabemos que a idade mais vulnerável ao Covid-19 são os idosos. Passa por um problema terrível o psicológico em Parintins e o município estabelece programa para levar apoio de psicólogos, assistentes sociais, de pessoas capacitadas para atender o idoso e pessoas com deficiência lá na sua residência”, detalhou.

Após listar inúmeras atividades, falou da dificuldade que é conquistar investimentos para qualquer município do interior do Brasil como um todo. Declarou espanto com a postura da oposição, que não admite como positivas as ações do Executivo, que “não enxerga os avanços” e, segundo ele, ainda persegue servidores do Estado, exemplificando a exoneração de Áurea Figueiredo à frente do Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC) em Parintins.

“Pede a cabeça de uma grande servidora, de uma mulher reconhecidamente pela população de Parintins, que faz um grande trabalho naquele órgão Estadual que é o PAC e coloca uma pessoa que nem de Parintins é”, declarou.

Ressaltou, mais uma vez, que o município passou por um “processo de reconstrução”, porque foi abandonado na gestão passada, “junto com um grupo de empresários, ao qual se aliou”. Sobre abandono, frisou as linhas de transmissões do programa Luz Para Todos em toda a zona rural, pois uma empresa venceu licitação, “usurpou o dinheiro público e nada fez”.

“Temos que ter a consciência de fazer o bem às pessoas, acima de tudo, independente de ser oposição ou situação. Precisamos estar atentos às políticas públicas para beneficiar nossa cidade e não fechar os olhos, dizer que nada presta. Volto a falar: administrar é escolher. Ainda mais administrar essas obras com recursos públicos, recebendo o município sucateado. Falo com propriedade porque fui Secretário de Finanças deste município. Sei das dificuldades que passa um gestor para prover ações dentro da Municipalidade e um dos fatores principais que a gente observa, hoje, no governo municipal é levar dignidade às pessoas”, finalizou.

 

Por Clely Ferreira, assessoria parlamentar.

Postado por Carlos Frazão/JI

você pode gostar também