Amazonense é única artesã a representar Parintins em exposição na Áustria

A artista Rafaela Souza, de 33 anos, da empresa Potyra Acessórios, será a única artesã a representar o município de Parintins no Festival de Cultura Brasileira 2019, que será realizado entre os dias 5 a 7 de abril, em Bezirk Gmünd, na Áustria. O evento vai acontecer em um castelo medieval, denominado como Alte Burg.

Durante entrevista, a artista Rafaela comentou que uma das organizadoras do festival verificou suas obras na internet e a convidou para participar da programação destinada a artistas brasileiros.

“A  mulher viu as minhas obras na internet e me convidou para participar da exposição que será realizada na Áustria. Eu serei a única artista mulher de Parintins a participar do evento. Os meus trabalhos são feitos pelo Macramé, com fios entrelaçados”, disse a artista.

Rafaela já produziu alas de escolas de samba do Carnaval brasileiro. Atualmente, ela está produzindo a Comissão de Frente do Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba X-9 Paulistana. “Fiz uma ala da Beija-Flor só com sementes, e depois vim fazer um trabalho em São Paulo e acabei ficando. Aqui não falta trabalho, alguns artistas e cantores estão procurando a minha arte para fazer parte dos seus figurinos”, comentou.

A artista, que trabalha no artesanato há 9 anos, afirma que pretende levar o nome de Parintins para a Europa, no dia do Festival de Cultura Brasileira. “Me sinto muito orgulhosa, porque é um trabalho internacional e estou levando o nome de Parintins. Estou ansiosa, porque é meio surreal o que está acontecendo. Minha expectativa é bem alta para mostrar o meu trabalho”, finalizou.

Festival

Assim como na primeira edição do festival em Gmünd, em novembro de 2017, Verônica Fernandes Schell, jornalista norte-rio-grandense, residente em Spittal Drau, Áustria, e Geise Perrelt, produtora cultural amazonense, residente em Genebra, trazem à cidade artistas de diversas regiões do Brasil, especialmente do Norte e Nordeste.

As atividades do festival são bastante diversificadas e contam com exposição de artes visuais, oficinas de dança, mostra de biojoias, mesa literária, exibição de documentários, palestra sobre o papel da mulher na sociedade brasileira, palestra sobre tradições indígenas, curso de culinária, programação infantil, apresentações de dança, música ao vivo, dentre outras.

A viagem musical por terras brasileiras estará sob o comando de David Assayag, também conhecido como “A voz da Amazônia”, com o seu show “Da Amazônia para o mundo ver”, que conta com bailarinos amazonenses, e com um dos grupos mais queridos do Rio Grande do Norte, “Família Pádua”, que trará ao castelo o melhor do samba, Bossa Nova, forró e chorinho.

 

 

 

 

Amanda Guimarães

Acrítica.com