Ampliação de preventivos e mamografias compõe Outubro Rosa em Parintins

Durante o mês a meta é realizar 2.500 exames, sendo 1.500 preventivos e 1.000 mamografias.

A ampliação na quantidade de preventivos contra o câncer do colo do útero e mamografias estão entre as ações da Prefeitura Municipal de Parintins na campanha Outubro Rosa 2019. Desde esta terça-feira, dia 01, todas as unidades básicas de saúde do município já estão prontas para atender a demanda espontânea. Durante o mês a meta é realizar 2.500 exames, sendo 1.500 preventivos e 1.000 mamografias.

De acordo com o secretário de Saúde, Clerton Rodrigues, as UBSs da cidade e do interior terão ainda um dia D específico para palestras e oferecimento de serviços especiais em prevenção aos cânceres de mama e colo do útero.

“A Prefeitura de Parintins atua durante o ano todo de maneira intensiva relacionada à saúde da mulher. Além dos exames preventivos e mamografias, também contamos com médicos nas especialidades ginecologia, obstetrícia, mastologia, entre outras. É uma prioridade na gestão do prefeito Bi Garcia este acolhimento para cuidar bem deste público tão especial” afirmou.

Preventivo e Mamografia

A gerente do programa Saúde da Mulher da Prefeitura de Parintins, Patrizia Farias informa que a Prefeitura tem facilitado a realização de exames, atendendo mulheres de 40 a 49 anos – através da realização do exame clínico das mamas para todas as mulheres dessa faixa etária e realização de mamografia, se existir indicação da equipe de saúde.

Mulheres de 50 a 69 anos – realização do exame clínico das mamas e realização de mamografia de 2 em 2 anos, ou em intervalos menores dependendo do resultado da mamografia anterior.

O rastreamento do câncer do colo do útero é realizado através do exame citopatológico de colo de útero (exame de preventivo), que é oferecido às mulheres na faixa etária de 25 a 64 anos e que já tiveram atividade sexual.

A rotina recomendada para o rastreamento no Brasil é a repetição do exame preventivo a cada três anos, após dois exames normais consecutivos realizados com um intervalo de um ano.

“Em caso de alteração, seja nos preventivos ou mamografias, nossos especialistas estarão a disposição para atendimento e encaminhamento do tratamento mais adequado”, salientou.

SECOM

você pode gostar também