Gov-03

Animais silvestres mantidos em cativeiro em Parintins são apreendidos em atividade prática de curso aplicado pelo IBAMA

A abordagem fez parte da finalização do curso realizado por solicitação da Prefeitura e Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente - Sedema.

As atividades práticas de fiscalização do Curso Básico de Resgate, Captura, Identificação, Destinação e Fiscalização de Fauna Silvestre aplicado em Parintins por agentes federais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) resultaram na apreensão de animais silvestres mantidos em cativeiro.

A abordagem fez parte da finalização do curso realizado por solicitação da Prefeitura e Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Sedema.

Foram aprendidos um curió, dois bigodinhos, três papagaios, um pato do mato, além de cascos de tartaruga e tracajá. Os passarinhos foram devolvidos à natureza e os papagaios serão levados ao Centro de Triagem de Animais Silvestre silvestres do Ibama Manaus para posterior soltura. O pato também está passando por reabilitação para ser solto.
As pessoas autuados receberam multas de R$ 50O, por passarinho que não está em ameaça e R$ 5 mil por cada papagaio.

O coordenador do curso, Analista Ambiental da Superintendência IBAMA do Ceará, Saulo Gouveia, destaca que curso é uma etapa Importante na qualificação de agentes de Parintins, Maués e Nhamundá. “É importante o olhar diferenciado que a região precisa ter quanto a fauna silvestre por seu potencial turístico que atrai milhares de visitantes”, disse.

Os agentes locais que participaram das práticas, agora estão aptos a fazer qualquer tipo de abordagem embasados no conhecimento técnico e de legislação sobre resgate, captura, identificação, destinação e fiscalização da fauna silvestre em diferentes segmentos. As fiscalizações tiveram o apoio da Polícia Militar.

 

Texto e foto: SEDEMA Parintins

você pode gostar também