Estado

Após infecções de acompanhantes de pacientes, hospital de Parintins anuncia restrições

O aumento de internações fez com que houvesse adaptação de salas em enfermarias e consequentemente estão acontecendo aglomerações com a presença dos acompanhantes.

Com número crescente de acompanhantes de pacientes infectados pela Covid-19, a direção geral do hospital Jofre Cohen anunciou restrições para entrada na unidade, referência para Covid-19, a partir da próxima segunda-feira, 08 de fevereiro. O aumento de internações fez com que houvesse adaptação de salas em enfermarias e consequentemente estão acontecendo aglomerações com a presença dos acompanhantes.

Uma enfermaria com seis pacientes chega a ter 17 pessoas de uma só vez com a presença de acompanhantes, enfermeiros, médicos, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas e outros profissionais.

A medida também atende essencialmente as recomendações do Comitê de Combate ao Coronavírus, Vigilância em Saúde e Ministério da Saúde para que não haja aglomerações como forma de prevenção.

Segundo o diretor-geral interino do hospital Jofre Cohen, Josimar Marinho, houve a constatação por meio de estudos que pessoas estão sendo internadas após ter acompanhado algum paciente anteriormente. “Nós já temos comprovantes de pacientes que tiveram alta e agora os acompanhantes estão dando entrada contaminados. Se isso não for interrompido vai virar um ciclo em que toda família será contaminada. Por isso é necessária essa restrição”, explicou.

Josimar Marinho destacou porém que há exceções que levam em consideração o estado do pacientes em que o serviço social do hospital fará esse estudo juntamente com a equipe médica e de enfermagem. “Serão contratados cuidadores de idosos que irão nos ajudar nessa parte”, explicou.

BOLETINS

A partir de segunda-feira, a equipe médica do hospital Jofre Cohen confeccionará um boletim que será repassado às famílias, todas as 15 horas, pelos assistentes sociais.

 

Foto: Márcio Costa

você pode gostar também