Até qualquer hora…

Naquele fim de tarde chego em casa e dou o meu “Benção Mãe”, mas, não ouvi a resposta, procuro a casa toda e cadê minha Mãe???? No bar ao lado de casa, já indo para a 3ª garrafa de uma bem gelada e logo com quem??? Já noutro dia dona Nenê me convida para tomar um vinho com ela. “Mãe, a senhora quer que eu vá comprar vinho agora??? – Não, quero que você abra essa garrafa aqui que aquele moço barbudo me trouxe”

E, assim era Stanley Israel, o nosso amado Stambel…

Em 2002 minha mãe falece e ligo para Stambel comunicando a hora do enterro…Não sabia que ele naquele domingo estava com toda a família (uma marca dele, sempre toda a família reunida) numa churrascada, e, minutos depois lá chegava ele (com toda a família), acho que foi o único dia em que ele não chegou lá em casa com aquele seu sorriso marca registrada…

Como já era hábito nosso marcar um sábado pra tomar algumas e jogar conversa fora na calçada lá de casa, naquela noite não foi diferente, só que lá pelas tantas acaba a cerveja, mas, eis que aparece Augusto Simões para abrir a sua pizzaria. Outra figuraça que amo, esse doido do Simões.

– Augusto tem cerveja aí? (grita Stambel, outra marca registrada…gritava muito o homem…)

– Acho que tem, responde Simões.

E lá volta Stambel com meia grade de cerveja da Pizzaria… Amanhecemos (como era de costume)

Já por volta de 18h me aparece Stambel (rindo e gritando…)

– Sabe aquela cerveja que o Augusto me vendeu? Era do pessoal que ia pintar a pizzaria…(kkkk)

Histórias eu tenho muitas desse tempo maravilhoso que convivi com Stambel e família, mas, tem uma que ainda me marca muito. Eu e meu sobrinho Jean (na foto acima) passamos o Natal de 2008 na casa do sorridente barbudo… Meia noite, hora da ceia, todos de mãos dadas ouvem o patriarca da família Israel, em seguida uma breve oração. Uma senhora presente aproveita e faz outra oração. Bem sei que a família não é católica, mas, arrisquei… Pedi licença para rezar um Pai Nosso, e, para minha surpresa (chorando agora quando escrevo isto), meu amado Stambel diz…

Á vontade, você é de casa… e todos rezamos juntos a oração que Cristo nos ensinou…

A partida de Stambel deixou um enorme vácuo na vida de muitos, de mim, do Jean, de todos que o conheciam, por isso, a essas horas o céu está em festa com certeza, e fica essa imagem linda dele abençoando mais “um afilhado” seu… Hoje, dia 26 é seu aniversário (e também, 1 mês que você nos deixou) e a festa continua…Até qualquer hora, adorado Stanley Stambel…

 

 

Carlos Frazão/JI

Foto: Arquivo Jean Aquino

você pode gostar também