Ato contra o PT reúne milhares de pessoas na Avenida das Torres em Manaus

Vestidos com camisas da seleção brasileira de futebol e do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), eleitores carregavam faixas e cartazes de apoio ao candidato e pedindo mudanças no país (Fotos: Jander Robson)

A tarde de domingo foi de manifestação para milhares de pessoas que se reuniram na Avenida das Torres, na Zona Centro-Sul de Manaus. Diversos movimentos do Amazonas promoveram o ato “PT Não” e pediram o fim da corrupção na política brasileira.

Vestidos com camisas da seleção brasileira de futebol e do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), eleitores carregavam faixas e cartazes de apoio ao candidato e pedindo mudanças no país.

“A nossa manifestação é simples. É dizer para o Brasil que nós não queremos mais o PT. Eles insistem, mas nós não queremos. O principal foco é fazer o PT desaparecer para que nunca mais apareça, é simples: PT não, PT nunca mais. Isso significa que não queremos que os próximos partidos que vierem sejam de esquerda, no máximo, de centro-direita, mas esquerda nunca mais”, afirma Adriano Leite, do movimento Endireita Manaus e Amazonas.

O servidor público Rodrigo Coelho endossa o coro contra o Partido dos Trabalhadores. “Não adianta tentar mudar se não tirar esse partido que empobreceu o Brasil. São 13, 14 anos dessa política que não melhora nada no país. Não dá mais”, argumentou.

Por volta das 16h, os manifestantes se reuniram próximo ao trio-elétrico, onde fizeram uma oração e cantaram o hino nacional. Depois, os microfones ficaram abertos a todos que quisessem ter a palavra. A organização não deu estimativa de público.

 

Suelen Gonçalves/acrítica.com/Manaus (AM)