Bi Garcia defende permanência de Curso de Direito em Parintins

O deputado estadual Bi Garcia (PSDB) disse do plenário da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), na quinta-feira (28), que apresentou requerimento à Mesa da Casa solicitando a permanência do Curso do Direito em Parintins (a 369 quilômetros de Manaus) pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Recentemente, o parlamentar teve uma reunião com o reitor Cleinaldo Costa para tratar do assunto.

Segundo Bi Garcia, o curso já formou duas turmas: Uma com 46 advogados, sendo que 17 já aprovados pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Dessa turma, saiu a advogada mais nova do Estado com 20 anos, que iniciou o curso aos 15, por meio de uma liminar. “Se trata de um curso com excelente qualidade, tendo formado mais de 80 profissionais para o mercado de trabalho, em duas etapas”, informou.

Além de Parintins, o curso atende vários municípios do Baixo Amazonas, como Urucará, Nhamundá, Boa Vista do Ramos, São Sebastião do Uatumã, Barreirinha, Maués, além de cidades do Pará, como a região de Juruti, Terra Santa e Faro. “Esse curso tem que continuar, por atender uma grande demanda”, assinalou.

Medicina

Outra demanda pleiteada por Bi Garcia para a cidade de Parintins, e municípios arredores, é a implantação do curso de medicina da UEA, com duração de seis anos. Reunião neste sentido já foi realizada com o reitor. A intenção é formar profissionais médicos para atuarem nos municípios do Estado. “Como temos dificuldades em levar profissionais para trabalhar no interior essa será uma alternativa viável”, disse.

Segundo Bi Garcia, quando era prefeito de Parintins chegou a colocar anúncio na Folha de São Paulo e Estadão, visando contratar profissionais médicos.  “Chegamos a pagar R$ 20 mil mensais para atrair esses profissionais, visando atender a demanda da população”, disse o deputado, informando que a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) vai iniciar a implantação do curso de medicina em Coari (a 363 quilômetros de Manaus), oferecendo 24 vagas, já autorizadas pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC).

 

Assessoria do Deputado

 

você pode gostar também