Bi Garcia ressalta importância de audiência pública no Senado para que Ibama reveja embargo na obra da BR-319

O deputado estadual, Bi Garcia (PSDB), ressaltou na manhã desta quinta-feira (22), a importância da Audiência Pública realizada pela Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) do Senado Federal, ontem (21),  para que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) reveja o embargo à obra de recuperação da BR-319, que liga Manaus (AM) a Porto Velho (RO).

De acordo com o parlamentar, é preciso que sejam observados os excessos de leis ambientais. “A BR-319 é um assunto tão importante para a nossa região, para o nosso Estado, observando os excessos de leis ambientais e de caprichos do Ibama e  do governo federal em trancar o desenvolvimento do Amazonas. Sabemos da importância do setor rodoviário para o escoamento do que se produz no distrito industrial e não podemos aceitar essa indiferença de impedir essa evolução do Estado”, disse.

Bi Garcia comentou ainda que no Estado do Acre, existem a BR-364 e a BR-317 e que em ambas não houve embargos do Ibama. “Esses excessos nas rodovias no Acre, que é um Estado também dentro da região Amazônica, foram liberados naturalmente pelo governo federal. Acredito que essa indiferença com o Amazonas deve ser resolvida para não prejudicar o desenvolvimento do nosso Estado. Quero registrar a participação dos senadores Omar Aziz (PSD) e Vanessa Grazziotin (PCdoB) que lutam e representam muito o nosso Estado no Congresso Federal”.

Cortes

Durante o discurso, o deputado lembrou também os cortes que serão feitos pelo governo federal, para 2016, nas áreas da saúde e educação. “Todos os Estados brasileiros serão atingidos frontalmente com esses cortes absurdos, isso vai causar um caos na saúde que já anda doente. Os governadores vão sofrer com a falta de recursos em procedimentos de alta complexidade e os municípios vão sofrer nos procedimentos de média complexidade. Além dos cortes no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e no Proinfância que vão atingir bruscamente a educação”, finalizou Bi Garcia.

Assessoria de Imprensa Deputado Bi Garcia

você pode gostar também