Gov-03

Boi Caprichoso apresenta Patrick Araújo, novo Levantador de Toadas

Outras novidades para a nova temporada bovina, foram anunciadas na noite deste sábado (5), durante o espetáculo ‘Ópera Amazônia: A Festa do Povo Caboclo’.

Com aprovação de grandes nomes da música brasileira, como do compositor Chico da Silva e do maestro de violões do Estado do Amazonas e membro do Conselho Musical do Boi Caprichoso, Neil Armstrong, o jovem Patrick Araújo, 22, foi anunciado como novo levantador de toadas azul e branco.

Novo Levantador de Toadas

O maestro Neil Armstrong, diz que “a palavra para o momento é renovação. Dentre aqueles que estavam como pretensos concorrentes para o cargo, o nome do Patrick (foto) é o mais preparado. Eu entendo que já vivemos outros períodos, com levantadores mais experientes e consagrados, mas eu acredito que o ponto de partida para uma virada é apostar em sangue novo. Além de tudo, a margem de crescimento dele é enorme, trabalhar com pessoas mais jovens nos dá a oportunidade de ajudá-lo a crescer ainda mais. Ele chegou, está conhecendo os músicos, a pegada da marujada, o calor da galera e eu não tenho dúvidas que ele será um nome forte na história do povo azulado. Foi realmente a escolha perfeita”.

Para Chico da Silva, escritor da toada “O amor está no ar”, obra do atual álbum do Boi Caprichoso. “Eu conheço ele, sei de sua capacidade. Quando fui indagado sobre quem poderia assumir a função, eu não tive dúvidas. Precisamos de alguém com a energia e participação de Arlindo Júnior, que esteja próximo do povo e seja realmente o condutor da galera. Ele possui esses atributos, é ele, Patrick Araújo”.

Patrick Araújo enalteceu que “esse momento chegou, é a minha hora. É o sonho que eu sempre quis e acontece conforme os planos de Deus. Trago comigo a experiência de ótimos festivais, mas também a vontade de seguir aprendendo a cada novo instante. Me sinto extremamente honrado e sei que juntos vamos construir uma história maravilhosa. Contem comigo”.

De acordo com o presidente do Boi Caprichoso, Jender Lobato, o bumbá recebe o artista de braços abertos, que passa a integrar um elenco musical completo. “Temos os melhores maestros, produtores, músicos, percussionistas e agora a melhor voz da nova geração. O conjunto desses fatores nos torna realmente muito forte. O torcedor pode esperar grandes novidades, com performances à altura do nosso boi campeão”, reforçou.

Em busca do título 2021, o Boi Caprichoso decidiu manter o tema “Terra: Nosso Corpo, Nosso Espírito”, anunciou o retorno do compositor Adriano Aguiar e apresentou o toadeiro Patrick Araújo como seu novo levantador de toadas. As novidades para a nova temporada bovina, foram anunciadas na noite deste sábado (5), durante o espetáculo ‘Ópera Amazônia: A Festa do Povo Caboclo’.

O presidente do Conselho de Arte, Ericky Nakonome, destaca que o tema vai além da arena do Bumbódromo, e revela anseios que remetem à história do Caprichoso. “O canto para a Terra, para o território comum da humanidade é um brado tingido de azul e branco. O Boi Caprichoso eleva as vozes da resistência para pedir um novo tempo, uma era sem violações contra a mãe natureza. Entendemos que como caboclos/caboclas habitantes da Amazônia, temos o dever de lutar por isso, em todos os contextos e ocasiões”, frisou.

O bumbá apresentou ainda a nova identidade visual do tema 2021, a qual carrega os elementos já conhecidos pelo torcedor. É possível notar a mudança, necessária, na identificação do ano, o que sinaliza um novo tempo, com os mesmos propósitos.

O presidente do Boi Caprichoso, Jender Lobato, enfatizou que a manutenção do tema reforça a unidade do bumbá. “Nosso grupo se mantém unido e cada vez mais forte, eu não tenho dúvidas de que tomamos a melhor decisão. Temos uma temática contundente, contemporânea, a qual se alinha com os esforços de diversos coletivos sociais espalhados pelo Brasil, pessoas que assim como nós acreditam em dias melhores. E sim, seremos campeões do Festival de Parintins”, ressaltou.

Retorno de Adriano Aguiar

O compositor Adriano Aguiar está de volta ao Boi Caprichoso. Criado e lapidado na Escola de Arte Irmão Miguel de Pascale, Adriano é escritor de mais de 60 (sessenta) obras que hoje fazem parte da história do bumbá. “Meu lugar é aqui, agradeço a confiança da diretoria e podem esperar por grandes obras para o próximo ano”, disse.

 

Assessoria de Imprensa do Boi Caprichoso

você pode gostar também