Gov-01

Bolsonaro esquenta o jogo eleitoral para 2020

Bem ou mal, o apoio do presidente pode decidir a eleição em Manaus.  www.diretoaopontonews.com.br

Faltando 11 meses para as eleições municipais a presença de Bolsonaro por dois dias em Manaus acirrou os ânimos e as especulações sobre um nome que possa vir a ser indicado para disputar a prefeitura de Manaus em 2020.

E não faltam opções para o presidente. Pelo menos quatro nomes se destacam com chances reais: Alfredo Menezes, Josué Neto, Delegado Pablo e Capitão Alberto Neto.

Decisivo

Bem ou mal, o apoio do presidente pode decidir a eleição em Manaus. Ainda mais em uma campanha pulverizada com pelo menos 12 candidatos, sendo que metade deles são competitivos.

A retomada do crescimento da economia e os grandes investimentos em infraestrutura podem ser decisivos nessa balança. Além disso, os números positivos da Zona Franca de Manaus e o início das obras de recuperação da BR-319, podem pesar positivamente.

Infelizmente, estamos caminhando mais uma vez para a polarização da direta contra a esquerda em 2020.

Saiu na frente

Bolsonaro rendeu vários elogios ao presidente da Assembleia do Amazonas, Josué Neto, que sempre reconheceu o ato do Governo Federal para a geração de empregos no Estado, enquanto a imprensa, ambientalistas e partidos de esquerda o criticavam.

36 mil empregos

Em ambas as agendas, o presidente da República relembrou o discurso de Josué Neto sobre a importância do decreto presidencial que possibilitou a exploração da cana-de-açúcar e do milho no Amazonas.

Este decreto vai gerar R$ 4,4 bilhões em investimentos e pelo menos 36 mil novos empregos no Estado. Um grande avanço.

“Não desista de ser candidato”

Sabendo das dificuldades que Josué vem enfrentando para mudar de partido por conta das negativas do senador Omar Aziz, Bolsonaro mandou um recado para Josué:

“Não desista de ser candidato à prefeitura de Manaus”, aconselhou o presidente.

Até porque sobre dificuldade para ser candidato por conta de partido ele entende.

Patriota até 2020

Falando em partidos políticos, o Patriota pode ser o amigo dos bolsonaristas em 2020. Caso o presidente não consiga regularizar o seu novo partido, Aliança pelo Brasil, a tempo, ele já tem um “teto” para se abrigar nas eleições municipais. O Presidente Nacional do Patriota, Adilson Barroso afirmou que está negociando com Jair Bolsonaro.

“O partido dele não deve ficar pronto para as próximas eleições. Estou acertando com ele para colocar o povo dele aqui no Patriota nesta eleição para se candidatarem.”

Patriota no AM

O Direto ao Ponto conversou com o deputado estadual Felipe Souza, presidente estadual da sigla no Amazonas sobre a possibilidade de migração dos bolsonaristas para a disputa eleitoral de 2020. Ele afirmou em um bate-papo descontraído, que vê essa possibilidade com bons olhos e afirmou:

“Isso é bom. Se o presidente colocar os candidatos dele no Patriota, é muito bem-vindo. Somos um partido parceiro”, afirmou Felipe.

Origem

Ainda durante a conversa o parlamentar contou que foi por muito pouco que o presidente Bolsonaro não se candidatou pela sigla.

E que a mudança de nome de Partido Ecológico Nacional (PEN), para Patriota, foi uma sugestão feita pelo próprio presidente, que tem muitos amigos e admiradores por aqui.

Portas abertas

Felipe Souza afirmou para o Direto ao Ponto, que o Patriota terá candidato a prefeito de Manaus em 2020, e que seria uma honra ser o candidato de Bolsonaro.

Mas deixou claro que antes de pensar no que é melhor para ele, respeita o que for melhor para a população.

“Na política a gente tem que conversar, ver o que é bom para Manaus. Avaliar os nomes. Se tivermos que ter outras opções, se conversa, não tem ponto fechado aqui no Patriota, não”, garantiu Felipe Souza.

 

Charge do Dia

 

 

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 98413-2214

 

Saiba tudo que está rolando na política do Amazonas e do Brasil. Acesse www.diretoaopontonews.com.br

 

 

 

 

você pode gostar também