Caps Parintins realiza campanha Janeiro Branco e divulga estatísticas de 2018

O Centro de Atenção Psicossocial de Parintins (Caps) promove atividades durante todo este mês mês voltadas a campanha de cuidado com a saúde mental, o Janeiro Branco. A instituição também divulgou os números referentes aos atendimentos de 2018. Segundo levantamento, foram realizadas 1.396 consultas com o Psiquiatra Dr Alessandro e 760 atendimentos psicólogicos. Os números englobam as ações na sede do centro e visitas domiciliares promovidas todas as semanas.

O dado que chama atenção é que que as mulheres são maioria entre os que buscam ajuda. “As mulheres têm adoecido mais psicologicamente e nós estamos atentos. Vamos realizar um projeto em parceria com a UEA para trabalhar isso com muito carinho”, disse André Acauã, diretor do CAPS.

Em relação ao Janeiro Branco, o Centro de Atenção Psicossocial informa que as atividades consistem em buscar melhorias de vida por meio das relações e ambientes mais saudáveis. As ações acontecem em parceria com a Secretaria de Educação, unidades básicas de saúde e outras instituições. A meta é identificar pessoas que estejam passando por problemas emocionais e oferecer apoio.

“São pessoas que precisam de atenção, que possamos ouvi-las. Que possamos trabalhar essa dor que ela traz. São doenças causadas por problemas emocionais”, disse André Acauã.

Ele destacou ainda que, neste momento de isolamento por conta das ferramentas digitais, é necessário buscar relações com afeto, sem interesses particulares ou financeiros. Ele afirmou que o prefeito Bi Garcia tem orientado a estreitar relações com as instituições e fortalecer cada vez mais o trabalho do CAPS.

 

SEMSA/SECOM