CMP fecha atendimento ao público

Outra medida é que será permitida apenas a entrada de vereadores e servidores.

As Sessões Ordinárias serão realizadas normalmente, nos dias de Segundas e Terças-feiras, porém, serão fechadas.

NOTA

 

Considerando o momento crítico mundial com a pandemia que se instalou pelo contágio do vírus Covid19 – o Coronavírus, em que as instituições têm tomado medidas para tentar conter a proliferação descomedida da doença, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Parintins anuncia, por meio do Ato da Mesa Diretora nº 001-2020/MD-CMP, a suspensão de todas as Sessões Especiais, Solenes, Comemorativas e outras que possam haver aglomeração de pessoas em ambiente fechado e o atendimento ao público em geral, a partir desta terça-feira, 17 de março.

Informa que as Sessões Ordinárias serão realizadas normalmente, nos dias de Segundas e Terças-feiras, porém, serão fechadas. Ou seja, sem a presença do público na galeria. O serviço de protocolo vai funcionar regularmente.

Outra medida é que será permitida apenas a entrada de vereadores e servidores. Servidores idosos serão liberados e terá álcool gel para todos os setores da Casa Legislativa.

Durante a vigência do documento, as informações das atividades serão disponibilizadas em nosso portal www.parintins.am.leg.br e na rede social facebook Câmara Municipal de Parintins.

Pedimos a compreensão de todos nesse momento. Além de seguir as recomendações da OMS (Organização Mundial de Saúde), nossa prioridade é contribuir para proteção da saúde do povo parintinense.

 

RELEASE DIA 17 DE MARÇO/2020 (TERÇA-FEIRA)

 

Na 7ª Sessão Ordinária de 2020, nesta terça (17/03), o vereador Gelson Moraes (PSD) falou sobre o aumento da tarifa da conta de água em Parintins e solicitou à Mesa Diretora a revogação do decreto, por parte do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), para que não haja a cobrança. O parlamentar apresentou Moção de Pesar pelo falecimento do sr. Geraldo Bernardino. Geraldo foi Secretário Executivo de Pesca e Aquicultura da Secretaria de Estado e Produção (Sepror) e veio a óbito na segunda feira (16/03).

O vereador Beto Farias (Podemos) destacou prioridade à saúde da população parintinense. Enalteceu as medidas preventivas da Prefeitura de Parintins, anunciadas em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (16/03), e pontuou também que sessões planejadas para esta semana foram suspensas, a fim de evitar a aglomeração de pessoas, em virtude da pandemia do Coronavírus. O parlamentar também se posicionou contra o aumento na cobrança das contas do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE).

O presidente da Casa Legislativa, vereador Telo Pinto (PSDB), abordou sobre o aumento do número de roubo de gado em Parintins. Ressaltou não apenas o prejuízo, mas também a questão de saúde pública com abate e consumo de carne clandestina. Apresentou Requerimento Verbal para solicitar à direção do Matadouro de Parintins relação com levantamento minucioso dos últimos três meses de animais abatidos. Sobre a preocupação no combate ao Coronavírus, fez Indicação ao Governo do Amazonas para suspensão das aulas em escolas estaduais no município.

O vereador Renei Mocambo (PL) falou sobre os serviços da empresa Oi na Agrovila do Mocambo. O distrito se encontra há dias sem sinal e as contas não param de chegar para os cidadãos que tem o contrato de telefonia em suas residências. O parlamentar disse que, depois do acidente com a torre da empresa, nada foi feito e pede providências. Renei cobrou execução do projeto GTA no Campo para o controle e poder ajudar os criadores de gado. Falou ainda da importância de uma sala de abate no Mocambo.

A vereadora Vanessa Gonçalves (PP) propôs distribuição de álcool em gel para população carente, em propositura direcionada ao Governo do Amazonas e Prefeitura de Parintins, diante do crescente número de casos de coronavírus no Brasil. Para a Escola Municipal São Pedro do Parananema pediu construção de um novo prédio. Para comunidade pediu instalação de caixa d’água de 5 mil litros, construção de poço artesiano e nova escola. Demandou ainda construção de um novo prédio para a escola da Comunidade Cajual.

A vereadora Nêga Alencar (PSC) apresentou Projeto de Lei voltado para pessoas idosas e fez reivindicações relacionadas à pandemia de coronavírus. Nêga solicitou à Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA) que sejam distribuídas máscaras, de forma gratuita, nas unidades básicas de saúde do município. Parabenizou a iniciativa do Presidente da Câmara, vereador Telo Pinto (PSDB), junto aos demais parlamentares, em atuar a continuidade dos trabalhos da Casa Legislativa através de ações isoladas, como forma de prevenção.

O vice-presidente da Câmara, vereador Tião Teixeira (PTB), teve duas proposituras aprovadas, por unanimidade, na sessão da Câmara Municipal de Parintins, nesta terça-feira (17/03). Direcionados ao Poder Executivo, os requerimentos consistem no pedido de reforma da Escola Municipal São João, no Rio Jacu, e implantação do Programa Água no Jirau, com construção de estrutura em alvenaria, na comunidade São Tomé, no Rio Uaicurapá.

O vereador Afonso Caburi (PTB) tratou sobre a situação da Empresa Oliveira Energia na região do Distrito do Caburi, onde a empresa fez uma obra de suas tubulações e deixou as ruas da Agrovila com enormes valas e buracos. O edil comunicou que, segundo o engenheiro da Oliveira Energia, uma empresa vai fazer o asfaltamento e recuperação das vias, no máximo em quinze dias. Em relação aos constantes apagões nas comunidades rurais, a empresa justificou estar em fase de teste e que, em breve, serão amenizados.

O vereador Cabo Linhares (Patriota) falou sobre o roubo de gado nas fazendas na zona rural. Lembrou quando atuava no serviço de inteligência da Polícia Militar em Parintins e colocou bandidos de alta periculosidade na cadeia, os quais roubavam gado no município. O líder do prefeito na Câmara parabenizou o Poder Executivo pelo decreto de suspender às aulas do município e eventos com aglomeração, devido ao surto do Coronavírus. Informou que a Prefeitura vai contratar mais profissionais de saúde, montar bases em todas entradas via fluvial e aérea, para manter a integridade da população.

 

Assessoria de Imprensa da CMP

Publicado por Carlos Frazão/JI

você pode gostar também