Estado

Comitê Gestor flexibiliza toque de recolher, em Parintins

O decreto que define o novo horário de toque de recolher e restrições vigora a partir desta terça e tem validade de 15 dias.

(Foto:Yuri Pinheiro)

 

O Comitê Gestor de Combate ao Coronavírus de Parintins reuniu nesta terça-feira (17) para analisar os dados epidemiológicos das duas primeiras semanas de novembro e discutir as medidas de combate à COVID-19. Com a baixa no quantitativo de novos casos diários e redução do número de pacientes internados, o comitê deliberou pela redução do toque de recolher das 22h às 5h da manhã.

(Foto: Pitter Freitas)

Desde o início da pandemia, no mês de março, mais de 6.300 casos foram confirmados em Parintins, sendo 295 casos nas duas primeiras semanas de novembro. Nesse início de mês ocorreram oito óbitos, 48 internações e 32 altas hospitalares.

                                                                  (Foto: Pitter Freitas)

Além da redução do toque de recolher, o Comitê Gestor de Combate ao Coronavírus decidiu pela continuidade na proibição do funcionamento de casas noturnas e atividades esportivas. Bares estão liberados para funcionamento até as 22h, com obedecimento de distanciamento e higienização. “10 da noite tem que fechar os bares, sob pena de serem multados pelos profissionais que estão na operação de controle do toque de recolher”, alerta o prefeito e presidente do Comitê Gestor de Combate ao Coronavírus, Bi Garcia.

O decreto que define o novo horário de toque de recolher e restrições vigora a partir desta terça e tem validade de 15 dias.

 

SECOM

você pode gostar também