Comunidades rurais em festa com disputa dos Jogos Escolares da Escola Bom Jesus

Motivados pela conquista da medalha de bronze nos Jogos Escolares do Amazonas – JEA’s, da aluna/atleta da comunidade do Tracajá, Sinair Lopes, professores da escola municipal Bom Jesus da comunidade Independência, realizam no período de 19 a 26 de outubro, a primeira edição dos Jogos Escolares da Escola Bom Jesus.

Segundo a professora Silvia Nunes, o evento esportivo atenderá cerca de 300 crianças de 04 a 15 anos das escolas de cinco comunidades: Escola Bom Jesus (Independência), Escola São Raimundo (Quebrinha), Escola Nossa Senhora de Fátima (Açai), Escola Santana (Miriti) e Escola Santa Clara (Jauari) com disputas nas modalidades individuais, em dupla e coletivas: boliche, arremesso de aviãozinho de papel, dama, futebarro (futsal), cabo de guerra, lançamento de arpão (dardo), queimada e provas de velocidade: 25m, 50m e 100m, além da corrida com estafetas, corrida de bastão e revezamento do peso. “A competição tem o objetivo de fazer a socialização entre as escolas e comunidades, além de incentivar o aluno a valorização da prática do esporte”, destacou a professora.

A disputa escolar rural tem o apoio da Prefeitura de Parintins através da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer – Semjuv, disponibizou os materiais esportivos como bolas de futebol de campo e queimadas, troféu, medalhas (ouro, prata e bronze), cordas e camisas para a coordenação do evento. “Parabenizo a iniciativa dos professores Doadi e Silvia que tem apoio das escolas e das comunidades e agradeço também ao prefeito Bi Garcia pela disponibilidade dos materiais esportivos para a realização desse importante evento esportivo”, ressaltou a coordenadora de incentivo ao esporte da Semjuv, Valdete Prestes.

A coordenadora informa que a equipe da Semjuv se fará presente no evento que servirá de avaliação para os alunos/atletas. “Esses jogos é uma oportunidade para que possamos descobrir talentos para o nosso atletismo, visando a disputa dos Jogos Escolares local do ano que vem que serve de classificatória para os jogos regionais (Pólo III e JEA’s)”, conclui.

 

Kedson Silva/JI