Estado

Contemplados na Lei Aldir Blanc em Parintins começam a executar projetos

24 espaços culturais foram beneficiados no inciso II e 76 projetos, nos editais de fomento, inciso III. 

Os artistas de Parintins, contemplados nos editais de fomento da Lei Aldir Blanc, começam a executar seus projetos. Organizado pela Companhia de Teatro Parintintin, o espetáculo Auto de Natal foi apresentado na noite de quarta-feira, 06 de dezembro, Dia de Santos Reis, no Auditório Dom Arcângelo Cérqua, e colocou em cena a tradicional história do nascimento do menino Jesus.

O projeto apresentou o Auto de Natal em cinco atos de uma forma diferente, abordando temas como a inclusão, preconceito racial e a pandemia. 25 atores participaram do espetáculo, incluindo uma equipe formada por sonoplasta, diretores, secretários, maquiadores, figurinistas e o elenco.

O diretor teatral, artista visual com formação na área, Clodoaldo Oliveira, disse que espetáculo superou todas expectativas e foi um momento de felicidade para toda equipe pela execução do projeto.

“Uma felicidade pela realização do nosso projeto que foi aprovado na Lei Aldir Blanc. Agradecer a Deus e ao nosso elenco que fizeram esse maravilhoso espetáculo. Uma sensação de dever cumprido, pois um dos nossos objetivos é despertar na comunidade parintinense essa vontade de querer participar e de apreciar outras artes, além do Festival Folclórico”, ressaltou.

O músico e ator Cícero Antônio, que participou do elenco, afirma que foi um momento de renovar a esperança em meio à pandemia e ressaltou a importância da Lei Aldir Blanc para a classe artística parintinense.

“É uma ponte de esperança, visto que a humanidade está abalada com esse processo da pandemia, então a palavra certa é esperança. Para Parintins é muito mais. É dizer que Parintins é arte e cultura, é diversidade. A pandemia acabou trazendo para um grupo de artistas um investimento que em geral não vem, ou seja, a Lei Aldir Blanc trouxe um investimento para esse segmento da diversidade”, pontuou.

24 espaços culturais foram beneficiados no inciso II e 76 projetos, nos editais de fomento, inciso III.  Os aprovados no inciso III, têm 365 dias para executar os projetos.

 

Bruna Karlla/Semctur/Secom

você pode gostar também