Estado

Crianças Autistas de Parintins participam de oficina de Gastronomia no SENAC

O presidente da IAPIN, Babá Tupinambá, destaca que  o Instituto veio pra ajudar as famílias no âmbito social, educativo e na  saúde.

Com o objetivo de trabalhar a parte sensorial das crianças Autistas, onde o sentir e o tocar são usados como uma importante ferramenta no desenho da comunicação, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – SENAC, em parceria com o Instituto Autismo de Parintins – IAPIN “Isadora Tupinambá”, iniciou nesta segunda-feira, 21, a oficina de gastronomia voltada ao público. 

 

De acordo com a psicopedagoga, especialista em Educação Especial e Inclusiva, Cintia Rodrigues, 10 crianças participam do processo de INCLUSÃO SOCIAL. “Uma grande conquista, fruto de um trabalho coletivo de pessoas que são ativistas desta causa. E que , lutam por políticas públicas sociais e buscam trabalhar com seriedade e empatia por qualidade de vida melhor para as famílias das pessoas com Espectro Autista”, comemora.

 

Ela informa que os pais estão acompanhando todo o processo, “haja vista que uma criança com TEA, tem uma rotina e precisa se sentir segura no ambiente físico e também com a presença de outras pessoas que não fazem parte do seu convívio diário”, reiterando que mediante parceria com o SENAC Parintins, alguns pais também estão fazendo curso de Recursos Humanos e Técnico em Administração.

 

O presidente da IAPIN, Babá Tupinambá, destaca que  o Instituto veio pra ajudar as famílias no âmbito social, educativo e na  saúde. “O SENAC recebe a primeira turma de alunos autistas do Curso de Mine chef de confeção de cupcake, importante para fortalecer a autonomia das crianças autistas e adolescentes em conhecimentos alimentares. Agradeço a parceria, fico feliz e orgulhoso em ver que os autistas de Parintins estão ganhando cada vez mais espaço na sociedade e iremos trabalhar da melhor forma possível a VERDADEIRA INCLUSÃO”. 

 

Kedson Silva/JI

Foto: Divulgação

você pode gostar também