Desbarrancamento afeta três famílias em área de várzea e Prefeitura presta auxílio

Foto: Felipe Brunner

Na tarde de quarta feira, dia 17, houve um processo de desgaste que ocorre ao longo da linha da costa de terra e se deve a ação das ondas, mais conhecido como desbarrancamento, que ocorreu na comunidade do Paraná do Espírito Santo de baixo.

O Prefeito Bi Garcia orientou a Defesa Civil, liderada pelo coordenador Samuel Reis, ao deslocamento imediato para averiguar a situação dos afetados pelo desastre natural, e tomar as devidas providências para amenizar a situação danosa vivida pelos moradores da localidade.

A Defesa Civil obteve parceria da Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Habitação (Semasth) no apoio logístico, em conjunto da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) que auxiliou com o transporte da equipe da Defesa Civil.

A Defesa Civil constatou que o desbarrancamento afetou três famílias de produtores rurais que tiveram sua produção destruída pela queda dos barrancos, onde boa parte das plantações foi engolida pela água. Segundo o comunitário Márcio Tavares, a queda das encostas no rio levou toda sua produção de banana, deixando sua casa cerca de 50 metros mais próxima do rio.

 

SECOM