Gov-01

Domingo do Bom Pastor e de oração pelas vocações

“A vocação é um convite a não ficar parado na praia com as redes na mão” (Papa Francisco)

“Sou Bom Pastor, ovelhas guardarei. Não tenho outro ofício, nem terei. Quantas vidas eu tiver eu lhes darei”.

 

Todos, ou quase todos, conhecemos essa canção que, com certeza, será cantada em muitas igrejas neste 4º Domingo da Páscoa – denominado ‘Domingo do Bom Pastor’ – e da Jornada Mundial de Oração pelas Vocações.

Jesus é o Bom e Belo Pastor que cuida de nós, suas ovelhas. Mesmo assim, muitas vezes nos tornamos ovelhas rebeldes e fujonas, mas ele vai atrás, querendo nos resgatar para o único redil do Pai, pois não quer perder um que seja daqueles que lhe foram confiados.

Ele e o Pai são um, formam uma unidade e é seu desejo que assim o sejamos, respeitando aquilo que nos difere e nos unindo no amor que se derramou na Cruz por TODOS! Ele é o BOM PASTOR e todos a ele pertencemos, somos seus colaboradores nesse pastoreio. Enviados por Ele, agimos em NOME dele; as nossas ações devem ser pautadas a partir de suas ações quando esteve aqui neste mundo, passando por ele fazendo o bem!

Quem ouve bem a sua voz (por isso, na consagração à Mãe e Rainha, lhe consagramos nossos ouvidos… para ouvir bem a VOZ de seu Divino Filho) não prega a si próprio e tampouco inventa coisas das quais não ouviu sair de sua boca. Faz, ao contrário, como Maria (irmã de Lázaro) e se senta aos seus pés para lhe ouvir. A boa ovelha ouve a voz de seu Pastor e não se deixa enganar por imitadores de sua voz, pois conhece bem o timbre da voz de seu verdadeiro Pastor.

Lançar as redes

Neste dia somos convidados a fazer uma Jornada de Orações pelas Vocações, rezando para que muitos tenham coragem de avançar para as águas mais profundas deste mundo e a não ficarem à beira da praia, com as redes em mão, se acovardando diante de um mundo turbulento e distante de Deus. Fiéis ao Bom Pastor, ouviremos sua voz e sem medo lançaremos as redes, pois não estamos sozinhos, Ele está em nossa barca, Ele está na Barca que é a Igreja.

Rezemos por aqueles que se decidiram a entregar suas vidas por inteiro ao serviço do “lançar as redes” em situações muitas vezes adversas e perigosas. Rezemos para que jovens (moças e rapazes) se apaixonem pelo Bom Pastor e, ouvindo sua voz, digam seu “sim” como fez nossa querida Mãe e Rainha. “Eis me aqui… cumpra-se em mim segundo tua palavra”. Não tenhamos medo, saiamos do conforto de nossas “praias”, tomemos nas mãos nossas “redes” e, ao ouvir a voz suave, harmoniosa e firme de nosso Bom Pastor, lancemos as redes!

Rezemos pelas vocações hoje e sempre

 

Irmã Maria Helena Teixeira, Teóloga, Missionária, Escritora

Colaboradora JI

 

 

 

 

você pode gostar também