Estado

Eleições 2020: Vereador Telo trata sobre resultado de pleito e faz reflexão sobre papel parlamentar

Mais um momento democrático se encerrou em Parintins por não ter segundo turno. O assunto foi tema do discurso do vereador Telo Pinto (PSDB) na tribuna nesta segunda-feira (16/11).

O edil mencionou que, a partir de 2021, serão 13 vereadores. Declarou que cinco foram reeleitos foram em virtude ao reconhecimento do trabalho executado pela Casa Legislativa, entre eles, o seu.

O parlamentar agradeceu o apoio incondicional de sua família, de cada coordenador, visto que muitos trabalharam de forma voluntária. Agradeceu, principalmente, a cada pessoa que saiu de sua casa para conferir um voto de confiança para a conquista da reeleição.

Em campanha, Telo percorreu diversos lugares e presenciou situações de extrema pobreza. “A gente percebe, o quanto a pobreza ainda existe, o quanto a dificuldade de sobrevivência é presente. E, vou além, meus irmãos, vocês que estão aí na comunidade rural, ainda vivem melhor de que muita gente que cometeu o erro do êxodo rural e veio para cidade de Parintins, porque onde vocês estão, ainda podem pescar, caçar, plantar, ter uma atividade de subsistência. Mas, aqui na cidade, é de dar pena, é de dar um sentimento dolorido no nosso coração de ver quantas pessoas passam necessidade. Pessoas não têm o que comer há dois ou três dias”, comentou.

“Isso tudo nos entristece, nos faz refletir, acima de tudo, nosso papel enquanto legislador nesta Casa, de como podemos agir para possa ajudar nossos irmãos, seja na cidade ou interior. A geração de emprego e renda, que tanto tenho falado nessa Tribuna, tem que ser bandeira de todos nós legisladores, que nos propusemos e colocamos nosso nome à disposição da população de Parintins”, continuou.

Aos reeleitos e novatos, manifestou parabenizações. Pediu reflexão sobre o verdadeiro papel do Parlamento para atender com políticas públicas os mais necessitados.

 

Assessoria parlamentar

Publicado por Carlos Frazão/JI

 

você pode gostar também