Campanha Caburi

Em noite cultural, movimentos artísticos lançam Grito da Periferia 2019

Embalados por arte e diversidade cultural, movimentos artísticos de Parintins lançaram nesta sexta-feira, 16, a sétima edição do Grito da Periferia 2019. O evento ocorreu no hall do Liceu de Arte e Ofício Claudio Santoro, Bumbódromo. A noite foi marcada por talento e criatividade.

O lançamento do Grito da Periferia 2019 é uma prévia do que será exibido nos dias 28 e 29 de setembro, data oficial do evento, que vai reunir cerca de 200 artistas para realização de shows, apresentações culturais, palestras, mini cursos, exposições, competições de dança e uma variedade de mostras de talentos da arte parintinense.

O idealizador e coordenador do Grito, Marcos Moura, destaca que “o Grito da Periferia é uma expressão multicultural da comunidade parintinense. É um espaço de valorização e promoção da diversidade, que oferece formação, intercâmbio cultural e inclusão”.

Neste lançamento, muitos artistas da Ilha puderam se apresentar e mostrar a diversidade que o projeto apresenta. Membros da banda formada por jovens parintinenses Xavant’s estiveram no lançamento e vão se inscrever no evento. “É uma boa oportunidade de para mostrar nosso trabalho. Precisamos de projetos assim que valorizem as outras manifestações artísticas da cidade e que possam dar espaço para todos”, disse o DJ e produtor da banda, João Victor Abreu.

Além de artistas, a sexta cultural de lançamento do projeto contou com a presença de vários representantes de entidades e instituições parcerias como  UEA, IFAM, CETAM, Diocese de Parintins, Pastoral da Juventude (PJ) e Associação de Arte-Educadores, contando com o apoio do Liceu de Arte e Ofício Claudio Santoro. Grupos de dança, capoeira, desenhistas, cantores, bandas musicais, poetas, músicos e demais artistas também participaram.

As inscrição de pessoas e grupos que desejam se apresentar no Grito da Periferia, em setembro, acontece no período de 19 à 30 de agosto  no Bumbódromo e outros locais que ainda serão divulgados.

O Grito da Periferia 2019 tem como tema “Cultura e Liberdade”, com homenagens ao educador Paulo Freire e o parintinense e desaparecido político Tomaszinho Meireles. O Instituto Cultural Ajuri, INCA, é o responsável pelo projeto.

 

 

Texto: Eldiney Alcântara

Fotos: Nandes Silva

você pode gostar também