Equipe multidisciplinar verifica ameaças de chacina em escola do Caburi

Uma equipe composta pela delegada de Polícia Civil, PM, Conselho Tutelar, Ministério Público, Justiça, Creas, entre outros, vai estar nesta quinta-feira (04) na Agrovila do Caburi para acompanhar, averiguar, orientar e mediar o conflito que está existindo na Escola Estadual Caburi com a suposta ameaça de alunos feita em redes sociais de praticarem uma chacina como ocorreu recentemente numa escola de São Paulo.

O caso ganhou ampla repercussão na mídia local após os professores e pais de alunos expor a suposta ameaça feita por um aluno.

O caso foi encaminhado a órgãos como Ministério Público e Justiça. A princípio, a equipe vai ouvir a direção do educandário, professores, alunos e pais para saber qual a veracidade da tal ameaça e se for verídica tomar as medidas necessárias e corretas.

 

Fernando Cardoso | Repórter Parintins

Foto: Divulgação

você pode gostar também