Escola de Artes festeja aniversário de 105 anos do Caprichoso e Dia das Crianças

Jailson Moreira, antropólogo visitador do UNICEF, que está em Parintins participou do evento, reconhecendo a importância da escola para o município.

 

Comemorando os 105 anos do Boi Caprichoso e o Dia das Crianças, a Escola de Artes, “Irmão Miguel de Pascalle,  encerrou a Semana Cultural , na tarde de sexta-feira (19) no ritmo da toada e de muito encanto das crianças.

A banda oficial da Escola de Arte, Marujadinha, itens mirins fizeram a festa com o aniversariante, Boi Caprichoso que comemora 105 anos neste sábado dia 20.

Oficinas de Capoeira, exposições de instrumentos, desenhos em tecido e tela completavam o cenário.

Jailson Moreira,  antropólogo visitador do UNICEF, que está em Parintins participou do evento, reconhecendo a importância da escola para o município. “O maior diferencial é o projeto se ligar a cultura e ao folclore do boi. Esse é o que mais tem ligação  direta com a região”, afirmou.

Brinquedos foram sorteados aos alunos que ainda saborearam um lanche reforçado.

A festa encerrou com a apresentação do Mini Caprichoso, tricampeão do Festival dos Bois em Miniatura, ao comando dos irmãos, Pierre Cardoso (apresentador) e Patrick (amo).

Itens femininos mirim da Escola de Artes

 

Coordenada por uma equipe de gestores a Escola de Artes atende cerca de 300 crianças em oito oficinas.

Isabel Porto, que faz parte  da coordenação, enalteceu o empenho do presidente Babá Tupinamba, em manter o projeto diante de muitas dificuldades. “Fazer parte de 105 anos de história é um privilégio. Parabéns, Caprichoso as crianças da nossa escola agradecem por transformar sonhos em realidade através da arte”, agradeceu.

 

Josene Araujo

Assessoria de Imprensa do Boi Caprichoso