Estado

Helerson Maia exalta espetáculo de parintinenses nas Olimpíadas do Rio

Figurinista conceituado que atua no ramo artístico desde os 17 anos de idade, o parintinense Helerson Maia mostrou ao mundo um pouco de seu talento ao coordenar juntamente com Chico Cardoso, Erick Beltrão, além de figuras renomadas como Daniela Tomas, Fernando Meirelles e o Andrucha Waddington, o grupo de 72 parintinenses que participou do espetáculo da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Segundo Helerson, o convite para os parintinenses representarem a cultura indígena no Maracanã durante a abertura dos jogos olímpicos surgiu a partir do renomado artista plástico parintinense Rossy Amoedo, que esteve incumbido de elaborar os anéis olímpicos e outros elementos do espetáculo. “Lá surgiu a ideia de ter o movimento indígena, que seria logo na abertura, com o nosso talento daqui do Amazonas, já que a gente é tido como ícones de dança indígena dentro do país”, pontua.

ligas indígenas

Durante a cerimônia de abertura das Olimpíadas, os parintinense representaram a cultura nativa brasileira com elementos indígenas representados em um show que envolveu dança com elásticos gigantes que levou o público ao delírio.

ligas indígenas 1

De acordo com Helerson Maia, a apresentação foi fruto de muito ensaio, esforço e compromisso do elenco. O coreógrafo afirma que a dedicação do elenco foi muito elogiada no Rio de Janeiro.  “Nós não só fomos o elenco mais prestigiado e mais elogiado na questão do profissionalismo em si, atuando dentro do Maracanã como índios nos elásticos, mas éramos muito elogiados também pelo profissionalismo no que diz respeito a cumprir horários, obedecer os esquemas de segurança, de ônibus, de hotel. A gente fazia tudo muito certinho”, exalta Maia.

Depois da apresentação feita na abertura dos jogos olímpicos e da repercussão positiva, o grupo de 72 parintinenses já recebeu propostas para fazer outras grandes apresentações. Conforme revelou o figurinista Helerson Maia, a equipe recebeu uma proposta para fazer parte um evento internacional, que não teve o nome revelado. Conforme Maia, as tratativas para concretizar o espetáculo estão sendo conduzidas por Chico Cardoso, que coordena o grupo que foi ao Rio de Janeiro.

Daniel Sicsú/JI

você pode gostar também