Estado

Homens invadem reunião de vereador e ameaçam pessoas com terçado e estaca

Na noite desta quarta-feira, 07 de setembro, o vereador Maildson Fonseca (PSDB) e seus apoiadores foram surpreendidos por dois homens e uma mulher que invadiram a reunião, realizada na rua 06 do Itaúna II, armados com um terçado e estaca, e ameaçaram os presentes.

Ezequiel Valente dos Santos Filho, vulgo Eroni, primeiramente chegou ao local da residência pedindo dinheiro. Sem conseguir o que queria, saiu do local e voltou instantes depois armado com um terçado e acompanhado de dois comparsas não identificados.

Segundo o vereador Maildson Fonseca, Eroni voltou ao local da reunião com um homem armado e iniciou a confusão. “Quando ele voltou, veio armado de terçado, veio um outro irmão dele com uma estaca e invadiram o local da reunião, onde tinha senhoras, crianças. Começou a querer cortar todo mundo com terçado. O dono da casa e outras pessoas reagiram, conseguiram botar eles para correr”, narra.

Maildson também conta que durante a invasão, Ezequiel Filho falava que o local da reunião era seu território. “Ele gritava e dizia que ali era território dele. E como tinha um candidato, ele não poderia permitir que outro candidato fizesse reunião naquele lugar”, revela. “Foi uma situação que nos preocupou, porque talvez tenha candidatos extinguindo pessoas a fazer esse tipo de ação diante da população”, completa.

Presente na reunião, a conselheira tutelar Ivanez Oliveira disse que o momento da invasão foi de muita tensão. Ivanez, o vereador Maildson e outras pessoas que estiveram no local do ocorrido dirigiram-se à 3ª Delegacia Interativa de Polícia de Parintins para registrar o Boletim de Ocorrência. “Nós pedimos que a polícia tome as providências devidas, porque ele tem a ficha corrida e os donos da residência onde ele invadiu estão com medo. Foi uma situação caótica”, frisa a conselheira tutelar.

Na confusão, pessoas ficaram machucadas e um carro foi destruído. Eroni foi preso e o advogado que está acompanhando as vítimas da invasão busca enquadrá-lo no crime de tentativa de homicídio. Até o fechamento desta matéria, os nomes dos outros dois envolvidos na invasão não foram informados.

Daniel Sicsú/JI

 

você pode gostar também