Estado

Hospital Jofre Cohen entra em situação de colapso e Prefeitura agiliza reabastecimento de oxigênio

O Município atua diretamente no reabastecimento de oxigênio.

O prefeito de Parintins, Bi Garcia (DEM), concedeu coletiva de imprensa no início da noite desta quinta-feira, 14 de janeiro, para informar que o hospital Jofre Cohen, referência no tratamento de Covid-19, entrou em situação de colapso devido à ocupação total dos leitos para tratamento da infecção causada pelo novo coronavírus. Além disso, o hospital está com o estoque de oxigênio chegando ao fim.

Para normalizar o fornecimento de oxigênio, a Prefeitura está viabilizando balas para reabastecer o hospital Jofre Cohen. Em razão da gravidade da pandemia de Covid-19 em Manaus, um tanque de oxigênio que seria disponibilizado a Parintins foi ‘sequestrado’ na capital do estado. Para amenizar a situação, empresários locais se uniram para adquirir 24 balas de oxigênio que serão doadas ao Jofre Cohen.

“Nós estamos negociando a compra de 45 balas de oxigênio que chegarão nesta madrugada no aeroporto que está aberto 24 horas. Vamos fazer uma operação de guerra para que a gente traga esse oxigênio aqui para o Jofre Cohen. Com isso a gente ganha seis horas de abastecimento e vamos passar o dia todo de amanhã negociando para comprar mais oxigênio. Se for preciso fretar aeronaves grandes para trazer mais oxigênio a Parintins, vamos trazer até a chegada de uma nova usina que estamos comprando”, assegurou Bi Garcia.

A nova usina de oxigênio que será instalada no Jofre Cohen terá capacidade de produção seis vezes maior que a existente na unidade de saúde. No interior do Amazonas, somente Maués possui esse tipo de usina instalada em Parintins.

 

SECOM PARINTINS

Foto: Yuri Pinheiro

 

 

 

 

você pode gostar também