Gov-01

“Indicar as necessidades e levar soluções” – A bela voz do rádio parintinense Graciane Marinho se lança pré-candidata à CMP

Empresária do ramo de alimentação, jornalista e radialista de sucesso conhecida em todo o Baixo e Médio  Amazonas

Considerada a mais bonita voz do rádio parintinense, Graciane Marinho lança sua pré-candidatura, pelo Partido Republicano, a uma das 13 vagas no Legislativo municipal.

Ela tirou um tempinho para bater um papo conosco.

 

CARLOS FRAZÃO – Empresária do ramo de alimentação e radialista de sucesso conhecida em todo o Baixo e Médio  Amazonas, me conte um pouco de sua história. Família, Cursos, Empresária e radialista.

GRACIANE MARINHO – Querido Frazão, sou filha do interior de Barreirinha. Sou mistura de negro com índio. Cheguei a Parintins com oito anos de idade. Fui criada pela minha mãe de coração Cecília Martins. Sempre morei na Gomes de Castro, rua do Caprichoso e sempre fui Garantido. Estudei na Escola Araújo Filho, Gentil Belém e Colégio Nossa Senhora do Carmo. Sou técnica em Contabilidade e Bacharel em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal do Amazonas. Trabalhei por dezessete anos na Rádio Alvorada FM de Parintins como apresentadora, locutora e repórter. Atualmente sou apresentadora do Jornal de Parintins na Radio Clube Fm. Também sou empreendedora, trabalho no ramo da alimentação. Sou mãe, sou mulher e minha meta atualmente é representar o povo da minha cidade que tanto amo.

 

CF – Por que esse desejo de chegar à Câmara municipal de Parintins?

 

GM – Meu amigo Carlos Frazão, eu escolhi Parintins como minha cidade. Precisamos de mais mulheres na política, e por amar essa cidade, sempre estive por trás de um microfone levando alegria e informação para os meus ouvintes. Agora, preciso estar à frente, sendo a voz para o meu povo da cidade e interior.

 

CF – Como você vê a administração municipal atualmente?

 

GM – Parintins precisa continuar avançando, todos os setores da administração estão funcionando. Time que está ganhando, não se mexe.

 

CF – No que você pretende contribuir para melhorar a vida do povo parintinense?

 

GM – Com Projetos voltados diretamente para o povo, sendo uma ponte de ligação entre a população e a administração municipal. Indicar as necessidades e levar soluções.

 

CF – Qual a sua opinião sobre o cancelamento este ano, do Festival Folclórico de Parintins?

 

GM – Um evento como o Festival Folclórico de Parintins, com a grandiosidade que tem, não há como evitar a aglomeração de pessoas, e com a pandemia, se faz necessário o cancelamento. É para o bem de todos.

 

 

Obrigado querida amiga, boa sorte na sua caminhada até chegar à CMP.

Carlos Frazão/ELEIÇÕES 2020

Fotos: Arquivo Pessoal de Graciane Marinho

você pode gostar também