IPAAM outorga direito de uso de recursos hídricos para o Matadouro de Parintins

Elaboração de relatórios técnicos, análises químicas, perfilagem ótica, e o cumprimento de normas previstas em lei garantiram à Prefeitura de Parintins a outorga do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas(IPAAM), de direito de uso de recurso hídrico na atividade de captação de água subterrânea do poço tubular do Matadouro Frigorífico Osório Melo.

Com a nova política estadual de recursos hídricos, a regularização é fundamental para que o município conquiste junto ao IPAAM a renovação  da Licença de Operação do abatedouro.

A assessoria técnica do geólogo Adauto Barros foi determinante para o trabalho, já que especificamente no caso do Matadouro Osório Melo não existia nenhuma anotação técnica desde sua inauguração.

“Fizemos uma filmagem que se chama perfilagem ótica e a partir desses dados foi produzido um relatório, um teste de bombeamento para verificação da capacidade do poço e a partir daí produziu-se um novo relatório técnico, além da análise química”, explicou Adauto.

“A partir desses dados foi feito o pedido de cadastramento junto ao IPAAM, que após a apreciação do trabalho, concedeu a outorga com a concessão de direito de uso dos recursos hídricos por cinco anos”, ressaltou.

O secretário de Pecuária, Agricultura e Abastecimento, Edy Albuquerque, destacou o empenho do prefeito Bi Garcia e do vice-prefeito Tony Medeiros, na adoção de medidas cruciais para o funcionamento do matadouro.

“Há todo um empenho do prefeito Bi Garcia voltado para a gestão dos resíduos, para que possamos dar o destino adequado e resolver todas as questões que envolvem a renovação da licença de operação do matadouro”, salientou.

Ele agradeceu o trabalho do geólogo Adauto Barros, a atuação do administrador Expedito Dinelly e do engenheiro sanitarista Igor Gabriel.

O município também está trabalhando para regularizar as situações como estação de efluentes, funcionamento de aeradores para minimizar o odor que ainda é motivo de queixas de moradores próximos e tratamento adequado das linhas vermelha e verde com parcerias da Fertisolo.

 

Peta Cid/SEMPA/SECOM

 

você pode gostar também