Jorge da Trufa, uma história de vida

Todo mundo já foi abordado, em algum lugar da cidade por esse garoto educado, sorridente e gentil. Talvez você comprou uma trufa dele, ou não, da mesma forma que aborda ele agradece mesmo quando o cliente não compra. Eu mesma já havia encontrado, as vezes na mesma noite, em locais diferentes de Parintins.

Hoje, tomando uma sopa na Madá, ele surgiu, então pela primeira vez comprei um chocolate e puxei assunto, pra conhecer um pouco mais sobre esse menino que eu admirava só de ver sua luta diária. E descobri que além da caixa de trufas ele carrega uma linda história de vida e superação.

 

Jorge da Trufa sendo entrevistado por Walter Lobato no programa Parintins em Revista (Foto: Naldo Rodrigues)

 

Jorge da Trufa, como é conhecido hoje (ele já anda até dando entrevista pra rádio, contou todo orgulhoso) começou a vender nas ruas tem cerca de um ano. É o irmão do meio de uma família que perdeu a mãe há 1 ano e 8 meses. Aprendeu a fazer os chocolates com uma ex-patroa e decidiu fabricar junto com uma irmã e vender.

Sua rotina, todos os dias, inicia pela manhã, se estendendo às vezes até às 0h. Começou vendendo a pé, hoje já conta com auxílio de uma bike. Tem uma rota pré definida com começo e fim que ele cumpre religiosamente. O faturamento varia muito, mas diz que com o dinheiro ajuda em casa e já conseguiu comprar umas “coisas pra ele” como uma tv e uma cama para seu quarto.

O nosso jovem empreendedor já concluiu o ensino médio e têm feito provas de vestibular, pois seu sonho é cursar faculdade de Administração. A parte mais legal dessa história toda é que em plena 22h, depois de ter rodado bastante, ele conta com entusiasmo que prefere estar vendendo nas ruas do que fazendo coisa errada que o levasse para outros caminhos.

A partir de hoje, quando encontrarem o Jorge da Trufa por aí, dêem uma força pra ele. Esse garoto tem talento para vendas e um futuro promissor. Ah e o chocolate é bom!!!

 

Tereza Almeida* 

* Jornalista e Sócia Proprietária da Empresa Delícias Caseiras de Parintins