Estado

Juiz suspende propaganda Eleitoral ofensiva em Parintins

O juiz eleitoral da 4ª. Zona Eleitoral em Parintins, Anderson Luiz Franco de Oliveira, determinou nesta 5ª feira, a suspensão da propaganda eleitoral veiculada pela coligação do candidato a prefeito Juscelino Melo Manso, veiculada no horário eleitoral por extrapolar o direito de liberdade de expressão. O juiz atendeu a representação formulada pelos advogados da coligação “Avança Parintins” liderada pelo prefeito e candidato à reeleição, Bi Garcia (DEM) pedindo direito de resposta. Seguindo o entendimento adotado na sentença, a disseminação da referida propaganda pode resultar em processos cíveis e criminais por ofender a honra do Prefeito.

Na representação, a coligação “Avança Parintins”, assinala que a ofensa contra o Prefeito, “há diversos outros ataques que exorbitam e muito a crítica tolerável no ambiente eleitoral”. Na propaganda eles associam a figura do Prefeito a uma ave, urubu.

Sem propostas para governar Parintins, a coligação punida adotou a estratégia de ataques contra o prefeito Bi Garcia que vem fazendo uma campanha propositiva ao longo da campanha eleitoral e apresentação dos resultados e ações desenvolvidas nestes quase quatro anos de governo.

 

Assessoria de Imprensa

Imagem: Divulgação Internet

você pode gostar também