Mãe abandona criança e pode ser presa, afirma Conselheiro Tutelar

O Conselheiro Tutelar, Marcos Azevedo recebeu na sexta-feira, 24, uma denúncia contra a Senhora Tamara Ramos da Silva, acusada de ter abandonado a própria filha de dois meses. De acordo com o Conselheiro, a denúncia foi feita pelo suposto pai, que não tem o nome registrado na Certidão de Nascimento da criança e por uma conhecida de Tamara (mãe), com quem foi deixada a criança.

Marcos azedo explica que se confirmado o abandono, a mãe dessa criança (Tamara) pode até mesmo ser presa por abandono de incapaz. “Se realmente a mãe abandonou, ela pode ser presa pela sua irresponsabilidade, acusada de abandono de incapaz, porque ela (mãe) está violando primeiramente a saúde dessa criança, através da ausência do leite materno”, informou.

Marquinho como é conhecido popularmente o Conselheiro, destaca que “esse leite materno é de suma importância para a saúde da criança, porque até seis meses a criança não pode comer nada e nem beber nada, sendo sua alimentação somente o leite materno”.

Marcos frisa que “primeiramente queremos conversar com essa mãe, saber o que está acontecendo, saber o que houve para ela ter tomado essa atitude, para depois então tomarmos algumas providências. O pai da criança disse que quer fazer o reconhecimento da paternidade. Então ao ouvir a mãe, encaminharemos o caso ao Ministério Público, ou a Defensória, ou ao Juiz da Infância para assim resolvermos a vida dessa criança, dando um caminho a ela”.

 

Sobre a denúncia

 

O Conselheiro comunica que esse tipo de denúncia é realizado quase que diariamente no Conselho Tutelar, e que os conselheiros ficam muito triste com esse tipo de situação, principalmente por parte das mães. “Recebemos essas denúncias e quando vamos verificar, existem casos em que o endereço dado pelas mães no hospital, ao registrar, ou na carteira de vacina das crianças não é verdadeiro”.

“Eu acredito que elas já entram no hospital, com o pensamento de a qualquer momento abandonar essa criança, e abandonam como se estivesse abandonando um objeto, que você não quer mais, ai você deixa”, disparou.

 

Informação

 

Azevedo pede o apoio da população para quem souber do paradeiro da Senhora Tamara Ramos, que comuniquem o Conselho Tutelar através do número do telefone de plantão (92) 99233-1509, podendo ligar a qualquer hora, para informar sobre o paradeiro da mãe ou sobre qualquer denúncia que queiram fazer ao Conselho Tutelar.

 

 

Kedson Silva/JI

você pode gostar também