Campanha Caburi

Maildson critica qualidade da educação em Parintins e afirma que o índice caiu nos últimos anos

Vereador Maildson Fonseca (PSDB)

 

Em discurso na sessão ordinária de segunda-feira, 02 de março, o vereador Maildson Fonseca (PSDB) falou sobre a situação da educação no município. O vereador ainda disse que os professores estão reivindicando direitos que foram conquistados, como por exemplo, o Plano de Carreira que foi construído com base em Leis Orçamentárias e Civis. Maildson que também é professor falou ainda sobre a época em que era professor da rede municipal e ao mesmo professor da rede estadual e afirmou que a diferença salarial é grande.

“Escutava atentamente a entrevista da secretaria municipal de educação, eu me senti envergonhado ao ouvir as palavras quando ela comparou o vencimento de um professor contratado com um professor efetivo, a própria secretaria mostrou que não conhece o plano de carreira, ela não sabe que um professor efetivo está exercendo uma função de 25 horas por causa do HTP – Horas de Trabalho Pedagógico. Então, os professores passam 20 horas na sala de aula e 5 horas para as demais atividades”, afirmou ele.

O parlamentar ainda falou que o município tem condições de pagar os professores, pois existem recursos para além do FUNDEB que são direcionados a educação. Maildson ainda indagou para onde está indo esse dinheiro. Fonseca pediu que a secretaria venha até a Câmara para explicar onde está sendo utilizado mínimo dos 60% do FUNDEB que dever ser utilizado na educação. Maildson ainda disse que a secretaria não conhece a realidade de Parintins, não sabe quantas escolas a zona rural possui, nem quantas escolas têm na sede. “Ela se mostrou leiga na entrevista e despreparada em todos os encontros, espero que ela venha aqui nessa Casa na audiência pública e mostre o que está faltando para pagar os professores porque recurso tem, pois o governo já passou 2 milhões para o município no início do ano”, afirmou ele.

Outro fato citado por Maildson foi a qualidade da educação em Parintins que caiu muito nesses últimos anos e em 2015 tem Prova Brasil e o município vai ter que apresentar índices, sendo que o ano letivo nem começou em muitas escolas. “Estão brincando com a educação do nosso município”, disparou o vereador.
Texto e Fotos: Yasmin Gatto

Assessoria de Comunicação da Câmara de Parintins

 

você pode gostar também