Gov-01

Mais três comunidades da zona rural de Parintins são beneficiadas com escolas padrão

Os três educandários fazem parte do programa municipal de qualificação da educação básica na zona rural.

Numa ação conjunta entre a Prefeitura de Parintins e o Governo Federal, através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (FNDE), três escolas foram inauguradas nesta segunda-feira, 29 de junho, nas comunidades de Nossa Senhora da Saúde do Canarinho, Santo André (região do rio Uaicurapá) e Igarapé Açu (região do rio Mamuru).

Os três educandários fazem parte do programa municipal de qualificação da educação básica na zona rural. Anteriormente, nove escolas, com uma e duas salas de aula, foram entregues pela administração. Todas os educandários foram construídos por meio de convênio entre Município e Governo Federal.

As escolas entregues nesta segunda-feira, de acordo com o prefeito de Parintins, Bi Garcia, são frutos de uma conquista de sua segunda gestão na Prefeitura. “Nós conquistamos, em 2012, 51 escolas para a zona rural. Lamentavelmente, não houve continuidade. O município perdeu 31 escolas. O que nós conseguimos recuperar, mesmo com desvio de recursos, a Prefeitura depositou as diferenças, negociou com o FNDE e hoje é um dia histórico para todos nós com a inauguração dessas três escolas”, enalteceu.

Morador da comunidade do Canarinho, o senhor José Maria de Abreu, de 55 anos, elenca as dificuldades enfrentadas pelos alunos que estudavam em uma estrutura improvisada na agrovila. “Antes era muito dificultoso. Os alunos não tinham o aconchego. Era um sofrimento, tanto dos alunos quanto dos professores, procurando algum local para se esconder da chuva, porque pingava água. Hoje está sendo inaugurado aquele sonho que a gente esperava por muito tempo”, comentou.

Com a inauguração das escolas, as comunidades do Canarinho, Santo André e Igarapé Açu vão receber novos investimentos da Prefeitura de Parintins. Dentre eles estão a instalação de lâmpadas de LED nos quadros comunitários e implantação do programa Água no Jirau.

 

SECOM

Fotos: Yuri Pinheiro

você pode gostar também