Gov-01

Márcia Baranda vai concorrer a vereadora pelo MDB

Márcia voltou a falar do sonho de ser prefeita de Parintins que foi adiado, mas que se a meta é trabalhar pelo povo, deve começar desde já.

O ato realizado no plenário Raimundo Almada para homologação de pré-candidatos a Vereador (a) foi prestigiado pelo prefeito Bi Garcia (DEM).

 

“Nós, mulheres, somos feitas de coragem e dar um passo em novas direções também é enxergar o futuro”. Com essas palavras em mais um dia de muitas emoções e definições na política parintinense, a presidente do diretório municipal do MDB, Márcia Baranda, teve seu nome homologado como pré-candidata à Vereadora da Câmara Municipal de Parintins.

O ato realizado no plenário Raimundo Almada para homologação de pré-candidatos a Vereador (a) foi prestigiado pelo prefeito Bi Garcia (DEM).

Mais uma vez falando dos desígnios de Deus na sua vida, Márcia lembrou que quando o partido escolheu a Câmara Municipal de Parintins para local da Convenção há mais de quinze dias, não imaginava o que o futuro estava reservando. “E olha o que Deus preparou. Estamos exatamente na Câmara Municipal.

Hoje é dia 15, o 15 do nosso partido, o MDB, e Deus conduziu meu caminho até esta Casa do Povo para me mostrar e me dizer.. Márcia, é aqui, como representante do povo, que você tem que começar de fato a sua vida pública.

Está aceito o desafio de colocar meu nome à disposição da população para a Câmara Municipal de Parintins. Quero dizer que será uma grande honra começar minha vida pública no parlamento onde os grandes líderes começaram. Se assim Deus permitir”, declarou.

Ela enfatizou que está vivendo seus dias mais surpreendentes. Mas que quando se tem  fé e acredita que nos propósitos pra cada pessoa, Deus honra das maneiras mais incríveis.

Márcia voltou a falar do sonho de ser prefeita de Parintins que foi adiado, mas que se a meta é trabalhar pelo povo, deve começar desde já.

Ela também fez um retrospecto de sua trajetória política falando que ao lançar o olhar para 2016, recordou o caminho percorrido,  as experiências, os erros, os acertos, o aprendizado ouvindo o povo nos bairros e nas comunidades. Disse que aprendeu muito, principalmente a respeitar as pessoas e que sabe o quanto o povo precisa de representantes comprometidos  com as causas populares.

“E vivenciando tudo isso, hoje, eu tenho a sensibilidade para entender que tudo o que passei, enfrentei, superei, e, até os acordos não cumpridos comigo só fortaleceram meu caráter. Mas, eu creio, foram os caminhos conduzidos por Deus e pelo bem de Parintins”, afirmou.

Para Márcia, a Casa Legislativa, onde é a casa do povo, não pode ser usada como instrumento de satisfação pessoal, um lugar para ofensas, para descarrego de frustrações. A Câmara é um lugar de trabalho. Uma vez eleito ou eleita, o vereador ou vereadora passam a estar a serviço do povo. É com o povo que tem que prestar contas.

Agradeceu aos pré-candidatos que tiveram seus nomes homologados e que juntos vão propor mais projetos que atendam aos interesses do povo e acima de tudo legislar com responsabilidade.

Ela também falou da importância da experiência empresarial, de gestão, da vontade de trabalhar e principalmente a vivência como mulher, esposa, filha, irmã, mãe e avó. Ela é avó da Maria Clara.

“E é também por ela que estou aqui. Eu quero contribuir com trabalho por Parintins para que ela e os novos parintinenses tenham uma cidade mais desenvolvida.

Quero agradecer a minhas filhas Egreen e Erika, e ao meu esposo João Pedro, minha família, meus amigos por embarcarem nessa caminhada. É com essa sensibilidade da mulher que respeita as famílias e que sabe dar o carinho e a atenção que o povo merece, que lanço meu nome, Márcia Baranda, pré-candidata a vereadora de Parintins. Que Deus abençoe nossas escolhas e gratidão sempre por ser guiada por Deus e merecer tantos momentos intensos, porque são eles que nos ajudam a evoluir, crescer e amadurecer. E se não for com muita adrenalina não é a Márcia Baranda. Vamos à luta, com muita humildade no coração e “por  mais Mulheres na Política”, concluiu.

Em seu discurso o prefeito  Bi Garcia, disse que sempre houve respeito entre ele e Márcia e foi surpreendido com sua sábia decisão porque sempre tiveram em lados opostos.

“A Márcia foi vítima da falta de compromisso e de respeito. Temos um leque de aliança bem expressivo conquistamos a Márcia e o MDB pelo respeito”, declarou.

Bi Garcia, ressaltou também a parceira e os investimentos que tem chegado a Parintins através do Senador Eduardo Braga.

” Vamos construir um momento novo e vamos estar junto com o MDB e  contribuir para eleger os vereadores deste partido que é muito grande”, concluiu.

 

Por Josene Araujo

você pode gostar também