Gov-01

Meninos de Parintins viajam em busca do sonho de se tornarem jogadores de futebol no Sul do país

O Brusque Futebol Clube vai oferecer aos dois garotos de Parintins toda a sua estrutura de alojamento com alimentação e formação.

O sonho parece difícil, mas nenhum pouco impossível. E é com esse pensamento positivo que Rodrigo de Souza Ferreira, de 19 anos e Andrey Sarmento Lopes, de 17 anos, parintinenses moradores do bairro São Vicente de Paulo, zona Centro-Sul de Parintins, partiram nesta sexta-feira, 24, para Santa Catarina, região Sul do país. O destino final é o alojamento do Centro de Treinamento (CT) do Brusque Futebol Clube, campeão brasileiro da Série “D” em 2019.

Na bagagem, Andrey e Rodrigo levaram o sonho que muitos garotos e jovens por todo o Brasil nutrem, o de se tornar jogador de futebol profissional em um grande clube brasileiro. Em maio do ano passado a diretoria do Brusque renovou todas as suas equipes das categorias de base e aproveitou boa parte da “prata da casa” na equipe principal, que conquistou o inédito título da Série D para os catarinenses.

Tanto Andrey quanto Rodrigo já jogaram em equipes de futebol e futsal parintinense e sabem que a missão de alcançar uma vaga num clube profissional é difícil, então querem abraçar a oportunidade que se apresenta a eles. “Desde quando fiquei sabendo que o Brusque estava recrutando garotos para a sua base eu vi que aí estava a grande oportunidade da minha vida, então conversei com meus pais e pedi que me ajudassem a realizar esse sonho.”, revelou Rodrigo.

Ribamar Ferreira, pai de Rodrigo, não esconde a ansiedade de ver o sonho do filho se tornar realidade. “É claro que fico com o coração partido, nenhum pai quer ficar longe de seu filho, mas sei que é por uma boa causa. Meu filho ama o futebol, então se esse é o sonho dele, eu e a mãe dele não vamos medir esforços para ajudá-lo.”, diz o pai emocionado.

Em 2019 Andrey esteve por um mês a passeio na cidade de Brusque com alguns parentes, foi então que conheceu o clube e toda a sua estrutura de treinamento. Retornou ao Amazonas e manifestou a sua mãe o desejo de tentar uma vaga no clube catarinense. “Fiquei maravilhado com a estrutura de treinamento que o Brusque tem e das oportunidades que ele dá aos novos talentos, e eu quero ser um talento revelado pelo Brusque para o futebol! É o meu sonho desde criança ser jogador de futebol, e quero ser um profissional.”, diz Andrey com toda firmeza nas palavras e gestos.

Dona Valdeane Sarmento, mãe de Andrey, se diz contente com a decisão do filho. “Ele é um filho maravilhoso e desde pequeno sempre disse que quer ser jogador de futebol, então eu só tenho que apoiar e incentivar o sonho dele.”, disse a mãe com os olhos lacrimosos.

O Brusque Futebol Clube vai oferecer aos dois garotos de Parintins toda a sua estrutura de alojamento com alimentação e formação. Cerca de 60 jovens e adolescentes compõem os times que representam o Brusque. As equipes de base participam de campeonatos locais, intermunicipais e o estadual promovidos pela Federação Catarinense de Futebol, o que faz com que os jovens atletas estejam em constante observação. No ano passado dois destaques da base do clube foram emprestados ao Avaí e viveram a experiência de jogar a Série “A” do campeonato brasileiro.

Inicialmente os jovens atletas contam unicamente com o apoio financeiro dos pais, parentes e amigos, que acreditam em breve ver e ouvir falar de Parintins através do futebol apresentado pelos meninos sonhadores do “Ropoca” em gramados de futebol do Brasil.

 

Por Rony Belchior/Rádio Tiradentes

Postado por Kedson Silva/JI

você pode gostar também