Gov-03

Mesatenista parintinense Kael Modesto em busca de nova medalha na Paralimpíada Escolar

Para participar da competição nacional, o atleta e seu treinador receberam apoio da Prefeitura de Parintins por meio da Secretaria Municipal da Juventude, Esporte e Lazer - SEMJUV, para compor a seleção amazonense em Manaus.

Em busca de mais um feito a nível nacional, o atleta parintinense de tênis de mesa, da categoria PCD (Pessoa Com Deficiência), Kael da Silva Modesto, 17 anos de idade, representará Parintins e o Amazonas na Paralimpíada Escolar que acontece em São Paulo, de 22 a 27 de novembro. Para compor a seleção amazonense na capital, o aluno/atleta do Centro Educacional de Tempo Integral/CETI Dep. Gláucio Gonçalves e seu treinador Jorge Andrade receberam apoio da Prefeitura de Parintins por meio da Secretaria Municipal da Juventude, Esporte e Lazer – SEMJUV.

Feliz, o coordenador de Educação Física do CETI, professor Weverton Cursino, comemora a participação de Kael na disputa e o importante apoio do poder municipal. “Estamos felizes por mais uma vez a nossa escola estar representando Parintins e o Amazonas em uma competição nacional. A gente espera que ele traga além da experiência, uma nova medalha para o nosso município. Desde já agradecemos a Prefeitura e a coordenação de esporte e lazer de Parintins pelas passagens fluviais do Kael e seu treinador Jorge até Manaus e seu retorno, importante para que Kael possa compor a delegação amazonense, uma vez que da Capital, as passagens até São Paulo é de responsabilidade do Comitê Amazonense de Tênis de Mesa”.

Weverton Cursino informa que os parintinenses viajaram à Manaus nesta sexta-feira, 19, e ficarão por dois dias em treinamento na Vila Olímpica. Em seguida, Kael junto a delegação amazonense se dirige para São Paulo. “A gente espera outro grande feito para o nosso município, do nosso atleta da superação”, enaltece o professor.

Superando a Paralisia Cerebral Hemiplégica a Direita e Epilepsia através do esporte, em 2018, Kael Modesto conquistou medalha de ouro e foi revelação nos Jogos Escolares do Amazonas – JEAs e campeão escolar nacional infantil na modalidade. Em 2019, o mesatenista estreou na categoria juvenil ficando entre os três melhores atletas paralímpicos do Brasil, após conquistar dois bronzes, um fazendo dupla com o paraense Fredson Batista e o outro na disputa individual.

Texto: Kedson Silva

Foto: Cleuton Menezes

 

você pode gostar também