Gov-03

Ministério da Educação divulga tema da redação do Enem 2021

Proposta deste ano é dissertar sobre a "invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil"; exame vai até às 19h

Ministério da Educação (MEC) divulgou nas redes sociais, neste domingo (21), o tema da redação do Enem 2021: “invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil”. A temática é a mesma para quem faz o exame de maneira digital.

Neste domingo, primeiro dia de prova, os portões foram fechados às 13h (horário de Brasília). Os candidatos, tanto da versão impressa quanto os que optaram pela online, terão até às 19h para realizar a avaliação.

A redação será manuscrita, independente da modalidade escolhida. Sendo assim, é necessário que todos estejam munidos com caneta esferográfica preta de tubo transparente, único modelo permitido nos locais de prova.

Programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e o Programa Universidade para Todos (ProUni) utilizam a nota do Enem para o ingresso de estudantes em universidades públicas e concessão de bolsas em instituições particulares, respectivamente. Entretanto, para estar apto, o candidato não pode ter tirado zero na redação.

Para a versão impressa foram registradas 3.040.871 inscrições pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Já na versão digital, exclusiva para quem concluiu o ensino médio ou irá terminar em 2021, serão 68.891 participantes.

Ambas versões vão ser aplicadas na mesma data, o que difere da edição de 2020, em que foram separadas.

Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados até 1º de dezembro no site e aplicativo oficial do Enem.

 

João de Mari, da CNN/Em São Paulo

você pode gostar também