Estado

“Não fazemos passeata para evitar aglomeração. A pandemia do coronavírus não passou”, afirma Bi Garcia

Parintins tem tomado, desde o início da pandemia, diversas medidas para proteger a população como toque de recolher, uso obrigatório de máscaras e o distanciando social.

Em seu programa eleitoral na TV, Bi Garcia (25) chamou atenção para a proteção da família contra o coronavírus. Ele destacou que está fazendo uma campanha “longe de corpo, mas perto de coração”, sem caminhadas ou visitas na casa de eleitores para evitar aglomeração e a contaminação com o vírus.

Parintins tem tomado, desde o início da pandemia, diversas medidas para proteger a população como toque de recolher, uso obrigatório de máscaras e o distanciando social. “Eu acho certo o uso da máscara, o uso do álcool em gel. Nós vimos muitos conhecidos perderem seus entes queridos. Vai da consciência de cada um que vamos vencer essa doença”, disse a autônoma Maria Tereza.

Segundo os dados do boletim de monitoramento da COVID-19 de Parintins, os casos voltaram a subir a partir do final do mês de setembro e início de outubro, o que exigiu mudanças nos decretos de combate para reverter o quadro.
“Vamos manter a esperança e o respeito. Vamos usar máscara e respeitar os decretos municipais”, disse o médico Daniel Tanaka, que integra a linha de frente do combate a COVID-19 em Parintins.

De acordo com Bi Garcia, a vontade era fazer um campanha próxima da população, com abraços, apertos de mão, mas deve-se pensar primeiro na segurança das famílias. Ele afirmou que sua campanha pela reeleição à Prefeitura de Parintins só vai promover carreatas e pequenos encontros se os órgãos de segurança garantirem que é seguro, caso contrário não irá botar a vida das pessoas em risco.

Foto: Divulgação

você pode gostar também