“Ninguém vai me calar, podem reclamar para o prefeito à vontade”, afirma Cabeça

O vereador Rai Cardoso (PMDB) em pronunciamento na sessão ordinária de quarta-feira, 15 de abril, disse que é notória a escuridão durante o período noturno nas ruas da cidade de Parintins, devido muitas lâmpadas estarem queimadas. Segundo Cabeça, parte do município está no escuro e isso infelizmente é sinônimo de assaltos e acidentes, prejudicando muitos cidadãos parintinenses. “Nós somos 11 vereadores nesta Casa Legislativa e cada um aqui representa determinados seguimentos da sociedade, porque nós somos funcionários do povo. Acredito que apesar de ter bancada governista e oposição, todos temos um interesse em comum: o bem do povo. Dei uma volta ontem à noite na cidade para ver a questão da iluminação e percebi que parte da cidade está no escuro e por isso nós cobramos que resolvam esse problema”, frisou.

Com isso, Cabeça falou que devido na sessão de terça-feira a maioria dos vereadores ter feito discursos sobre a precariedade da iluminação pública em Parintins, receberam críticas de pessoas ligadas ao Poder Executivo. “Não foi só eu que falei, a maioria dos vereadores falou que a cidade está no escuro. E porque nós questionamos essa situação, foi um Deus nos acuda. Só quem não vê uma situação dessa é o David, que é cego, mas o resto todo mundo vê. Agora, o defeito do prefeito é que ele adora uma fofoca. O prefeito tem o time da degola, aqueles que vão atrás dos funcionários e dizem ao prefeito que esse gosta, que esse não votou no Alexandre ou aquele disse que o prefeito está gordo. Essa é a turma da degola, que passa o mês todo atrás de pessoas que não gostam do prefeito e que não votaram no prefeito, se eu não me engano são oito, mas não vou citar nomes aqui”, discorreu.

O vereador Rai Cardoso destacou que a turma da degola faz relatórios todos os dias sobre quem fala algo do Prefeito de Parintins. “Eles dizem: olha prefeito, o funcionário tal ele não gosta do senhor e disse que o senhor está feio, está gordo. Demite ele. E ontem quando terminou a sessão a turma da degola ligou para o prefeito e disse: olha prefeito bateram em mim. O prefeito precisa mandar fazer uma pesquisa em Parintins para ver o que o povo vai dizer sobre a iluminação pública. Mas, se o povo de Parintins falar ao prefeito que as ruas estão escuras, ele não vai acreditar, mas se a turma da degola disser que está tudo iluminado, ele acredita”, criticou Cabeça.

Segundo Cardoso, o papel da turma da degola é fazer fofoca. “Eles se reúnem na Fazendinha, que fica na comunidade do Limão e pertence a um dos degoladores. É lá que eles contam tudo para o prefeito e apresentam os relatórios. E a turma da degola cada um tem uma lancha mais bonita do que a outra. São oito lanchas, uma atrás da outra. Contudo, o povo também vê isso”, disse o parlamentar.

O peemedebista deixou claro que ninguém vai lhe calar. “Ninguém vai me calar, podem reclamar para o prefeito à vontade”, disparou Cabeça ao criticar ainda sobre o auto número de casos de dengue na cidade de Parintins, momento em que cobrou mais ações da Secretaria Municipal de Saúde.

 

 

Texto: Mayara Carneiro

Assessoria de Comunicação da Câmara de Parintins

 

você pode gostar também