No Caburi, Câmara de Parintins realizou 2ª Sessão Itinerante de 2019

Filho da terra, o vereador Afonso Caburi (PTB) é o autor da propositura.

 

A Câmara Municipal de Parintins realizou na manhã de sexta-feira (07), a 2ª Sessão Itinerante da 17ª Legislatura, na Agrovila São Sebastião do Caburi. O Ginásio Poliesportivo da Escola Estadual serviu como ponto de encontro para a apresentação de demandas da região.

“A Sessão Itinerante é o momento ideal de interação entre população e poder legislativo, para debater a construção do bom desenvolvimento, permitindo que se faça o planejamento e investimentos”, justifica o Requerimento nº 153/2019, de 16 de abril de 2019. Filho da terra, o vereador Afonso Caburi (PTB) é o autor da propositura. Em seu discurso, mostrou emoção pela realização do ato, prestigiado com a presença de sua genitora.

Representantes das Polícias Civil e Militar, Conselho Tutelar, Comissariado da Infância e Juventude, Vigilância Sanitária, Defesa Civil, Instituto de Desenvolvimento Agropecuário do Estado do Amazonas (Idam), Sistema Autônomo de Água e Esgoto (Saae) e das Secretarias Municipais de Meio Ambiente (Sedema) e da Saúde (Semsa) estiveram presentes no evento.

Junto a eles, compuseram a Mesa de Autoridades os vereadores Afonso Caburi (PTB), Tião Teixeira (PTB), Renei Mocambo (PR), Bertoldo Pontes (PSL), Beto Farias (Podemos), Gelson Moraes (PSD), Cabo Linhares (Patriota), o presidente da Casa Legislativa, vereador Telo Pinto (PSDB), bem como o presidente da Agrovila Edson Batalha.

Esta é a segunda Sessão Itinerante de um calendário de quatro estabelecidas para 2019. A escolha do Caburi foi devido à região ser composta por 17 comunidades no zoneamento rural de Parintins. Na ocasião, nove representantes se pronunciaram em nome das localidades pertencentes ao Distrito.

Acesso à Saúde, Educação e Produção Rural foram pautas de defesas prioritárias. Moradores da comunidade Monte Sinai não conseguiram chegar porque o ônibus quebrou na Estrada. Com isso, a demanda da Estrada foi o primeiro quesito abordado na Sessão. Representante de Monte Sinai, Celson Piedade, disse que “na época da seca é a principal fonte de passagem e não oferece condições de circulação”.

A situação da estrada foi citada em vários discursos. Ela perpassa o acesso a outros itens levantados. Com isso, reivindicaram sua recuperação, assim como dos ramais existentes, os quais interligam as comunidades, e também abertura de novos. Requisitaram ainda a construção de pontes, transporte para produção e o tão sonhado porto, que servirá também ao Distrito de Mocambo.

“Água é vida”, proferiram. Com isso, solicitaram melhorias nos poços e caixas d’água, recuperação e ampliação da rede hidráulica. Recuperação e ampliação também foram requeridas para o sistema de iluminação pública.

Para a Educação, pedido de construção de escolas ou reforma e ampliação. Para a Saúde, que o Posto de Saúde Denizal Pereira se torne uma Unidade Básica de Saúde Mista.

Em termo de infraestrutura, pediu-se recapeamento asfáltico e ampliação das ruas do Caburi. No Buiuçu a população cresceu e não tem mais terra suficiente, por isso, requereram a negociação com donos de propriedades para aumentar a área da comunidade.

O presidente da Agrovila São Sebastião, Edson Batalha, deixou por último a demanda da coleta e destino do lixo. “Nós solicitamos da Câmara Municipal que se empenhe em uma Audiência Pública para que possa ser discutida a questão da problemática do nosso lixo daqui do Caburi”, finalizou.

A partir das Sessões Itinerantes, os parlamentares apresentam as demandas por meio de Requerimentos, Projetos de Lei e Indicações a quem compete. A próxima Sessão será realizada no Distrito do Mocambo, no mês de agosto, e a última de 2019, na comunidade polo Santo Antônio do Tracajá.

 

Texto: Clely Ferreira – Assessoria de Imprensa da Câmara / Foto: Simone Brandão

 

você pode gostar também