Novos defensores públicos são apresentados à população de Parintins

Eles irão atuar no Polo Zeca Pontes, onde assistirão, além da população da Ilha Tupinambarana, os cidadãos de Nhamundá, Barreirinha e Boa Vista do Ramos, no Baixo Amazonas.

 

 

 

Os três novos defensores públicos empossados nos cargos pela Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), em fevereiro deste ano, foram apresentados nesta segunda-feira, 11, à população de Parintins, onde vão atuar conforme designação prevista no concurso público realizado em 2018.

A cerimônia foi realizada no Plenário Raimundo Almada da Câmara Municipal de Parintins, no conjunto Macurany, sob a coordenação do defensor público geral, Rafael Barbosa, juntamente com o presidente da Casa parlamentar, vereador Telo Pinto, e o prefeito em exercício, Tony Medeiros.

Os defensores Rodolfo Lobo, Roberta Barbosa e Gabriela Andrade irão atuar no Polo Zeca Pontes, instalado pela Defensoria Pública em Parintins, em novembro de 2017, e que atende, além da população da Ilha Tupinambarana, Nhamundá, Barreirinha e Boa Vista do Ramos, no Baixo Amazonas.

O trio reforçará o trabalho realizado pela defensora pública Luíse Torres de Araújo Lima e pelo defensor Inácio Navarro, coordenador do Polo de Parintins. Eles são os três primeiros colocados no concurso público homologado no final de 2018. O certame foi o primeiro realizado pela DPE-AM e oferecia 25 vagas para defensores públicos, tendo 59 aprovados de um total de 3.026 inscritos.

Para o defensor geral Rafael Barbosa, a chegada dos novos defensores a Parintins era um compromisso da Defensoria. “Quando estive pela primeira vez em Parintins para montar o polo, prometi que o município nunca voltaria a ficar sem defensor público. Estamos cumprindo com esse compromisso. A nossa meta é fazer isso em todos os polos como em Itacoatiara e Humaitá. A partir da gestão que estou concluindo, a Defensoria nunca mais deixará de estar presente, pelo menos, nos polos. Parintins agora está com cinco defensores que vão atuar não só no município, mas também em Nhamundá, Barreirinha e Boa Vista do Ramos, e isso é um grande avanço para o assistido que é o nosso maior objetivo”, destacou.

De acordo com o defensor Rodolfo Lobo, o reforço ao polo de Parintins demonstra não apenas a interiorização e o crescimento da Defensoria, mas o fortalecimento da instituição enquanto agente de transformação. “Ingressamos na Defensoria para transformar e para construir justiça social com a população e temos convicção que faremos isso em Parintins, porque a Defensoria transforma realidades. Viemos de fora, mas hoje somos Amazonas e estamos em Parintins para trabalhar em conjunto com o poder público municipal, estadual e legislativo em favor da comunidade que mais precisa da nossa ajuda”, disse.

A defensora Roberta Barbosa lembrou da razão que a motivou a ingressar na Defensoria e afirmou estar empolgada para começar o atendimento ao cidadão. “Chegou o momento de executarmos aquilo que batalhamos para conquistar, que é a possibilidade de ajudar o cidadão por meio da Defensoria Pública, com assistência jurídica pública e atenção humana. Estamos ansiosos para começar a dar vazão à demanda de atendimento que o Polo de Parintins tem e felizes com a receptividade da população do município. Aonde vamos somos bem recebidos e isso é gratificante. De igual modo a população pode contar conosco”, falou.

Segundo a defensora Gabriela Andrade, há muito trabalho a ser feito e desafios a serem superados, mas ela destaca que as estratégias implementadas pela atual gestão da Defensoria fazem parte de um grande avanço para levar os serviços da DPE ao interior. “Nossa expectativa é de muito trabalho porque temos pela frente grandes desafios. Contudo, nosso objetivo é atender todas as pessoas que procurarem o Polo Zeca Pontes e fazer um trabalho de realmente efetivar a justiça social no Baixo Amazonas, contribuindo para o fortalecimento da Defensoria no interior”, ponderou.

Reconhecimento

 

O prefeito em exercício, Tony Medeiros, chamou a atenção para o trabalho que está sendo feito pela Defensoria Pública em descentralizar os serviços na capital e assistir o interior. “Reconhecemos o empenho do defensor geral, Rafael Barbosa, em assistir a população carente e que mais precisa de ajuda jurídica, dotando Parintins com novos defensores. Passamos dez anos sem defensor público no município e foi na gestão do defensor Rafael que essa realidade foi transformada. Os três novos defensores são muito bem-vindos e estamos confiantes que desempenharão um excelente trabalho no município. Torcemos para que a iniciativa da Defensoria alcance outros municípios”, disse.

O vereador Telo Pinto falou sobre o papel que a Defensoria desempenha em Parintins na prestação de assistência jurídica à população. “O Polo Zeca Pontes é o local onde os menos favorecidos têm a oportunidade de ter um defensor lutando por suas causas. A atuação da Defensoria é de extrema importância porque nós vereadores recebemos inúmeras demandas na Câmara que passam pela área jurídica e a Defensoria é nossa parceria nessas questões, seja em casos de crianças abandonadas, violência contra mulher, questões de saúde e pensão. O povo nos procura pedindo socorro ou orientação e sempre que encaminhamos para a Defensoria somos atendidos. Por isso é importante ter a Defensoria presente em Parintins estendendo a mão para a população”, ressaltou o vereador.

 

Acrítica.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here