‘Olha o Caprichoso aí, gente!’ Neguinho da Beija-Flor vai gravar toada para o Festival de Parintins

Neguinho da Beija-Flor fará participação especial no CD 2019 do Boi Caprichoso. Foto: Alice Venturi e Erick Bitencourt.

 

De campeão para bicampeão. Atual vencedor do Carnaval carioca pela Beija-Flor de Nilópolis, o intérprete Neguinho vai cantar para o boi ganhador dos dois últimos festivais de Parintins (2017-2018), Caprichoso. O músico gravará a toada “Armadura de Fé”, que estará no CD 2019 do bumbá azul, de mesma cor da sua escola de samba no Rio.

O anúncio foi feito na noite de domingo (6), através do programa ao vivo da TV Caprichoso. O presidente Babá Tupinambá disse que teria uma novidade a nível nacional, mas deixou o próprio Neguinho dar a notícia.

“A gente está procurando fazer algo novo, inovar sempre. Caprichoso 2019 é um boi que está junto, unido e focado no tricampeonato. A gente está nessa união de povos, que é a nossa cultura. Eu tenho um recado de uma pessoa que vai fazer parte do CD 2019 e quem vai dar o recado é ele mesmo.”

“Queria agradecer ao Murilo Rayol que foi a peça chave dessa conexão entre o Caprichoso e o Neguinho da Beija-Flor, um ícone, conhecido internacionalmente, e que vai emprestar sua voz em uma toada que tem tudo a ver com ele”, completou Babá.

“Armadura de Fé”, dos compositores Leonardo Pantoja e Ericky Nakanome, homenageia São Jorge, padroeiro da Beija-Flor. A música faz parte do álbum “Um canto de esperança para a mátria brasilis”, tema do Caprichoso para 2019.

Essa não é a primeira vez que um sambista participa do CD do bumbá azul. Em 2018, Alcione gravou a toada “Boi de Negro”.

O laço entre Neguinho e Caprichoso é antigo. Em 2011, ele foi homenageado na música “A cor do meu país”. Um trecho da toada citava o cantor: “Eu sou Neguinho da Beija-Flor, do reisado, cavalhada, eu sou marujeiro”.

 

A dança revela
O santo lutador
Do santo graal o protetor
Líder soberano dos templários
Cavaleiro do nosso imaginário
Do imaginário!

Olhando para o céu
São Jorge na lua está
Montado em seu cavalo branco
Numa batalha lunar

Tão humano quanto nós
Vencendo o seu dragão
Mas tão divino para nós
Santo de devoção

Santo de terreiro, santo brasileiro
Que aqui na terra trava uma batalha tão difícil, tão atroz
Contra a intolerância, contra o desrespeito
Contra a miséria, contra o preconceito
Contra o genocídio e feminicídio
Corrupção, racismo e qualquer distinção de cor

Oxóssi das matas
Armadura de fé
Lutando por nós
Contra o nosso algoz

Oxóssi das matas
Teu Ogum é de guerra
Cavaleiro da flor
São Jorge protetor!

Olhando para o céu
São Jorge na lua está
Montado em seu cavalo branco
Numa batalha lunar

Tão humano quanto nós
Vencendo o seu dragão
Mas tão divino para nós
Santo de devoção

Santo de terreiro, santo brasileiro
Que aqui na terra trava uma batalha tão difícil, tão atroz
Contra a intolerância, contra o desrespeito
Contra a miséria, contra o preconceito
Contra o genocídio e feminicídio
Corrupção, racismo e qualquer distinção de cor

Oxóssi das matas
Armadura de fé
Lutando por nós
Contra o nosso algoz

Oxóssi das matas
Teu Ogum é de guerra
Cavaleiro da flor
São Jorge protetor!

 

 

Por Redação SRzd