Gov-01

Opinião | Bolsonaro acuado

O cometa Fabricio Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, filho 01 do presidente da República, atingiu a família Bolsonaro.

O avanço das investigações em curso no Supremo Tribunal Federal e no Ministério Público do Rio deixaram Jair Bolsonaro ainda mais exposto em várias frentes.

Acuado, o presidente vê aumentar o preço do apoio de parte do Congresso Nacional, em especial do Centrão.

Sempre pode piorar

Bolsonaro alcançou, nas últimas horas, o perigoso estágio experimentado por antecessores incapazes, por circunstâncias diversas, de se segurar na cadeira presidencial até o fim do mandato: aquele em que, em razão da multiplicidade de frentes que concorrem para fragilizá-lo politicamente, a situação nunca é tão ruim que não possa piorar.

Prisão de Queiroz

O cometa Fabricio Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, filho 01 do presidente da República, atingiu a família Bolsonaro.

01,02 e 03

Desde de que Jair Bolsonaro (sem partido) assumiu a presidência, os seus filhos só atrapalharam o governo federal e podem por fim ao seu mandato.

Muitos dos problemas que têm o presidente e muito do que perturba o presidente o tempo todo está ligado diretamente a ações ou posicionamentos dos seus filhos. Cada um deles tem um mandato parlamentar e deveria se limitar às suas esferas.

‘Perde o Brasil’

O deputado Marcelo Ramos disse ontem em seu twitter:

“Todos os brasileiros esperavam que num dia como hoje o presidente estivesse reunido com ministros pra discutir como diminuir as mortes e retomar a economia. Segundo jornais, ele está reunido pra discutir a reação do envolvimento de advogado no “sumiço” de Queiroz. Perde o Brasil.”

Sem educação

Em uma live com Fernando Haddad, Lula criticou Jair Bolsonaro e os filhos do presidente.

“[Bolsonaro] Não teve bom senso nem para educar os filhos, porque os moleques são mal educados, são pessoas agressivas e são pessoas que adoram trabalhar com mentiras. Me parece que eles adoram mentir, me parece que é a lógica da família Bolsonaro”, disse o ex-presidente.

Lula também atacou Abraham Weintraub, que ontem anunciou sua saída do MEC.

Defesa de Weintraub

O deputado Capitão Alberto Neto defendeu o ex-ministro.

“Weintraub tentou investir na qualidade e não só na quantidade. Porém, os que fizeram da nossa educação umas das piores da América Latina venceram mais uma vez.”

‘Tenho nada a ver com isso’

O presidente se pronunciou sobre o caso somente na noite desta quinta-feira.

Durante live, Bolsonaro argumentou que não é advogado de Queiroz, nem é alvo do processo que levou o ex-assessor de Flávio à prisão. “Mas o Queiroz não estava foragido e não havia nenhum mandado de prisão contra ele. Foi feita uma prisão espetaculosa. Parecia que estavam prendendo o maior bandido da face da terra”, disse o presidente.

Bolsonaro afirmou que Queiroz estava em Atibaia porque a cidade é perto do hospital onde, segundo o presidente, Queiroz faz tratamento de câncer.

Insalubridade

Servidores da linha de frente do combate ao Covid-19 no Amazonas podem receber 20% de ganho por insalubridade. Um Projeto de Lei (PL) que trata sobre esse benefício foi apresentado durante sessão plenária virtual da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), desta quinta (18).

O projeto é de autoria da deputada Alessandra Campelo.

Forma de agradecimento

“Essa insalubridade de 20% é uma forma de recompensar e de agradecer aos servidores que todos os dias têm arriscado suas vidas, que não pararam nenhum momento”, declarou Alessandra.

Profissionais

No projeto são incluídos, além dos servidores da saúde, profissionais também da FVS; Polícia Militar (PM); Polícia Civil (PC); Corpo de Bombeiros (CBAM); Sistema Penitenciário e trabalhadores de Serviço Social que atuaram diretamente no atendimento à população moradora de rua.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 98413-2214

Publicado por Carlos Frazão/JI

 

 

 

 

 

você pode gostar também