Opinião | BR-319 é prioridade do governo Bolsonaro

O governo federal planeja contratar e iniciar os serviços de pavimentação de toda a BR-319 até 2022.

(Foto: Agência Brasil)

 

Hoje (22) sairá o resultado da licitação para contratar a empresa responsável pelas obras de pavimentação do lote C da BR-319, que liga Manaus/AM a Porto Velho/RO.

A notícia foi anunciada pelo ministro da infraestrutura, Tarcísio de Freitas, em videoconferência com os governadores do Amazonas, Roraima, Rondônia e Acre, na segunda-feira (21).

Prioridade

O governo federal planeja contratar e iniciar os serviços de pavimentação de toda a BR-319 até 2022.

“Não faz sentido ter uma capital com a pujança de Manaus não ser conectada com o restante do Brasil. Estamos falando do direito de ir e vir. A pavimentação da BR-319 é prioridade do governo Bolsonaro”, disse o ministro.

Ainda esse ano

A estimativa de Tarcísio de Freitas é que a pavimentação do lote C comece já no ano que vem, mas nada impede que algumas melhorias já sejam feitas nesse ano.

Grande desafio

“O trecho do meio, nosso grande desafio, é o passo seguinte”, disse o ministro.

O ministro destacou que sua pasta está negociando a licença do trecho do meio da rodovia. “Ela (a licença) passou pela primeira checagem do Ibama. Vamos tentar fazer a certificação na maior velocidade possível para contratar a pavimentação do trecho do meio”, disse.

Otimista

O governador Wilson Lima afirmou que há muito tempo que nós não temos uma sinalização tão significativa do Governo Federal com relação à rodovia.

“Estou muito otimista com a licitação do lote C, e com os avanços quanto ao trecho do ‘meio’. Estamos trabalhando para garantir todas as salvaguardas ambientais e assegurar que o cidadão que mora na região tenha garantido seu direito de ir e vir”, disse o governador.

Justificando Bens

Ontem (21), o pré-candidato a prefeito de Manaus, Amazonino Mendes (Podemos), publicou um vídeo em suas redes sociais explicando a origem dos seus bens declarados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 2018, quando concorreu à reeleição para governador e declarou bens no valor de R$ 3,4 milhões.

Amazonino afirma que grande parte do que se fala sobre sua vida financeira é “fantasia” e que seus “adversários têm interesse em distorcer”.

Honorários

No vídeo, o pré-candidato explica que quando exercia a advocacia ganhou um “honorário gigantesco” numa causa envolvendo aluguel de prédios de cinema em Manaus.

“A empresa estava falida, acabada. Topei entrar na empresa. E arranjei financiamento. Indenizei os sócios. E a empresa foi uma das que mais construiu aqui no Amazonas. Foi onde eu fiz a minha base”, explicou Mendes, sem mencionar a pensão vitalícia que recebe.

Pensão Especial

Entre as fontes de renda de Amazonino Mendes, também está uma pensão de ex-governador vitalícia de R$ 35,4 mil por mês. A mesma é alvo de processos para a suspensão.

Vale lembrar que o ex-governador recebeu R$ 515.277,82 de indenização em dezembro de 2018, seu último mês no cargo. De acordo com a Secretaria de Estado de Administração e Gestão do Amazonas (Sead), a quantia é referente à pensão especial de ex-governadores, que havia sido suspensa, e que Amazonino ganhou na justiça o direito de receber a quantia, paga com juros e correção no final de sua última gestão.

Debate suspenso

A Rede Amazônica decidiu, nesta segunda-feira (21), cancelar as entrevistas com candidatos a prefeito de Manaus previstas para acontecer antes da realização do 1º turno da eleição municipais de 2020.

A medida ocorre em razão do risco de contágio da Covid-19, que já infectou mais de 131 mil pessoas em todo o estado.

De acordo com a emissora o cancelamento segue padrões de segurança adotados durante a pandemia do coronavírus e foi adotada em conjunto com a TV Globo.

Também está cancelado o debate do 1º. turno com os candidatos a prefeito da capital.

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 98413-2214

Postado por Carlos Frazão/JI

 

 

você pode gostar também