Gov-03

Opinião | Direto ao Ponto lança Instituto de Pesquisa

Levantamento sobre Governo, Presidência, Senado e Deputado Federal será apresentado no final de novembro.

1ª Pesquisa Eleitoral

O Direto ao Ponto Pesquisas nasce com o objetivo de analisar e compreender o pensamento e comportamento, através de técnicas e metodologias avançadas e imparciais de tendências de mercado, opinião pública e política. Analisando temas polêmicos, cenários, movimentos, situações cotidianas e de interesse da população.

Acompanhar as mudanças de comportamento das pessoas e entender melhor seus hábitos, relações, ponto de vista, medos e desejos, passa a ser um dos focos do Direto ao Ponto.

Eleição 2022

E como sempre o Direto ao Ponto trará todas essas informações, em primeira mão, para você leitor.

Neste primeiro levantamento, o Direto ao Ponto Pesquisas sairá às ruas de Manaus nos próximos dias para escutar o eleitor e sua percepção acerca das eleições para o Governo do Amazonas (primeiro e segundo turno), Presidência da República, Senado e Deputado Federal, em 2022.

Avaliação

Também vamos medir a aprovação das gestões do presidente Bolsonaro (sem partido), do governador Wilson Lima (PSC) e do prefeito de Manaus, David Almeida (Avante).

Além de uma avaliação sobre a CPI da Covid do Senado, e de dois de seus membros, os senadores Omar Aziz (PSD), que presidiu a Comissão e Eduardo Braga (MDB).

Outros pontos de interesse da população também serão abordados e você poderá conferir tudo nas próximas semanas no Direto ao Ponto.

Desafio

 

O Direto ao Ponto segue com o seu desafio de oferecer a você leitor, uma grande diversidade de análises e informações, dos mais variados temas locais e nacionais, pois acreditamos que a informação com qualidade, responsabilidade e transparência é fundamental para a sociedade e para a democracia.

Articulação

 

O governador Wilson Lima (PSC) segue em ritmo acelerado de trabalho, mas obviamente não perdeu de vista as articulações políticas mirando nas eleições do ano que vem. E quem entrou no radar do chefe do Executivo foi o União Brasil, partido que surge por meio da fusão do PSL com o DEM e que tem o ex-governador Amazonino Mendes apalavrado com intenção de filiação.

A conta é simples. A nova sigla quer fazer dois deputados federais no Amazonas e sabe que o governador vai montar um time, com a força da máquina, competitivo para ano que vem.

Xeque

 

Se de fato for mesmo para o União Brasil, Wilson estará no maior partido do Brasil, com estrutura e tempo de televisão e ao mesmo tempo desidrata a candidatura de um de seus principais concorrentes. No xadrez, seria um xeque em Amazonino.

Palanque

 

O que pode pesar contra esta aliança é o fato de Wilson estar alinhado com Jair Bolsonaro (sem partido) e o União Brasil já ter nascido como oposição ao presidente da República.

Se a sigla liberar os candidatos estaduais para apoiarem os presidenciáveis que lhe convierem, é dado como certo que o governador do Amazonas migre para o União Brasil.

Comemoração

 

Por falar em Amazonino, o ex-governador voltou ao Amazonas neste final de semana e aproveitou para comemorar antecipadamente seu aniversário de 82 anos com um peixe no tradicional restaurante Canto da Peixada.

A comemoração, claro, rendeu publicação nas redes sociais, onde Amazonino tem apostado suas fichas na pré-campanha.

Mostrando saúde

 

As publicações do ex-governador, inclusive, têm tentado mostrar à população que ele está bem de saúde. Nos três últimos pleitos que ele participou, esse foi um dos pontos mais sensíveis do Negão e amplamente explorado pelos adversários.

Ano que vem o assunto deve continuar rendendo…

Eleição OAB

 

Os quase sete mil advogados amazonenses aptos a votar escolherão nesta terça-feira (16), o novo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Amazonas (OAB-AM) para os próximos dois anos.

A tendência é que Jean Cleuter vença Paulo Mafioletti com uma ampla vantagem e passe a gerir o órgão que tem um orçamento anual superior a R$ 11 milhões.

TCE sob nova direção

 

Por falar em eleição, os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) também escolhem nesta terça-feira (16), o novo comandante da Corte.

Entre os postulantes estão Júlio Pinheiro, Érico Desterro, Ari Moutinho e Yara Amazônia.

Noivado desfeito

O namoro entre Jair Bolsonaro e o Partido Liberal, que na semana passada virou um noivado com casamento com data marcada, se desfez.

No último domingo a sigla publicou nota oficial cancelando a filiação do presidente, que estava marcada para o próximo dia 22.

Xingamentos

Segundo comenta-se nos bastidores, o “fim do relacionamento” foi tenso, com xingamento de Bolsonaro para o presidente do PL, Valdemar da Costa Neto e revide do mandatário da sigla, que teria dito “vai tomar no c… você e seus filhos”.

A motivação da briga foi um impasse entre Valdemar e Bolsonaro sobre o controle do diretório do PL em São Paulo. O chefe do Executivo queria que o filho Eduardo Bolsonaro, deputado federal (PSL-RJ), fosse o cabeça da sigla no estado, o que foi negado por Costa Neto.

Reconstrução do Brasil

Em artigo publicado no Direto ao Ponto, o ex-prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB) fala sobre as prévias de seu partido para a escolha do presidenciável do qual ele é um dos postulantes e afirma que é hora de reconstruir o Brasil.

Na avaliação do tucano, essa reconstrução passa pelo tripé econômico que, segundo ele, garantiu o sucesso do Plano Real: responsabilidade fiscal, controle da inflação com metas e o câmbio flutuante.

 

Siga a Direto ao Ponto:

 

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Receba a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 99189-4271

Editor-chefe: 92 99109-1099

Publicado por Carlos Frazão/JI

você pode gostar também