Gov-03

Opinião | Wilson Lima lança o maior programa de renda estadual do País

Ao todo, serão 158 mil beneficiados na capital e 142 mil espalhados pelos 61 municípios do interior.

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), lançou oficialmente ontem (13), um auxílio estadual permanente de R$ 150 reais mensais para 300 mil famílias amazonenses.

Ao todo, serão 158 mil beneficiados na capital e 142 mil espalhados pelos 61 municípios do interior.

O auxílio que começa a ser pago em 1º de novembro, será o maior programa de renda estadual do Brasil e vai injetar na economia local R$ 540 milhões por ano.

‘Pago religiosamente’

Segundo o governador, o auxílio servirá, prioritariamente, para garantir comida na mesa da população mais carente do Estado, afetada pela pandemia do coronavírus e pela cheia histórica do Rio Negro.

“Enquanto eu for governador esse auxílio será pago religiosamente todos os meses.”, destacou.

Turbinada na campanha

O auxílio permanente, sem dúvidas, já pode ser chamado de carro-chefe do projeto de reeleição de Wilson Lima, sobretudo na capital.

O auxílio, não por coincidência, vai beneficiar em sua maioria moradores de Manaus, onde sabidamente o governador tem mais dificuldade eleitoral.

Cereja do bolo

O programa é, também, a cereja do bolo entre as diversas ações que o Governo tem realizado nos vários municípios do interior, e somado as obras de infraestrutura, produção rural, ao pagamento do abono do Fundeb, o 14º e 15º salário dos professores – anunciado junto com o auxílio – e o funcionamento integral do Hospital Delphina Aziz, forma o pacote de investimentos estruturantes e sociais da atual administração a pouco mais de um ano das eleições.

Prestígio político

A força da máquina estadual deu mais uma demonstração de força ontem.

Participaram da solenidade, 12 dos 24 deputados estaduais da Aleam, oito vereadores de Manaus, 22 prefeitos de municípios do interior e representantes de outras cinco cidades, incluindo Manaus.

Cutucadas

Wilson aproveitou a presença maciça da imprensa e de aliados políticos para alfinetar adversários e ex-governadores que, segundo ele, tiveram a oportunidade de realizar um programa social nos moldes do auxílio estadual e não fizeram.

O chefe do Executivo estadual afirmou ainda que sua gestão foi sabotada por políticos que queriam sua cadeira a todo custo.

“O que eu tive no início do governo não foi oposição política. Tivemos por um bom tempo gente querendo sabotar o governo, tentando fazer com que as coisas não dessem certo, mas elas estão dando. Nós estamos fazendo entregas históricas. Nós estamos fazendo entregas que eles poderiam ter feito e não fizeram. Por que não lançaram um programa como o nosso de distribuição de renda?”, indagou.

Reaproximação

Chamou atenção a fala do presidente Roberto Cidade para o Governador Wilson Lima.

Durante seu discurso na solenidade, Roberto olhou para Wilson e disse: “governador, pode contar com esse caboco aqui para o que der e vier”.

Desde que foi eleito presidente da Aleam, essa foi a primeira vez que Cidade prestigiou um evento do Governo do Amazonas em Manaus.

Amazonino e Wilson no segundo turno

Pesquisa Real Time Big Data divulgada pela TV Record nesta terça-feira (14) aponta Amazonino Mendes e Wilson Lima no segundo turno para o Governo do Amazonas em 2022.

Amazonino Mendes lidera com 28% das intenções de voto.

Wilson Lima aparece em segundo empatado com Zé Ricardo em terceiro, ambos com 15%.

Eduardo Braga em quarto com 13% e Ricardo Nicolau com 3%.

Brancos e nulos são 22% e não souberam responder 4%.

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 98413-2214

 

 

Saiba tudo que está rolando na política do Amazonas e do Brasil. Acesse www.diretoaopontonews.com.br

 

 

você pode gostar também