Campanha Caburi

Pandré, a preparação do Pajé dos pajés

“O som do tambor d`reck anuncia” o pajé que mais vezes ganhou o Festival Folclórico de Parintins. André Nascimento hoje é o maior detentor de títulos no item 12. Tantas conquistas lhe renderam homenagens e um reconhecimento que é cantado na toada Pandré, do compositor Paulinho do Sagrado. Para a disputa deste ano o grande feiticeiro da tribo vermelha se diz preparado.

André assumiu o posto de pajé do boi bumbá Garantido em 1999, quando tinha 19 anos. Desde então, a preparação dele é focada em preparo físico, dança e alimentação adequada. Ele próprio cria a coreografia e acompanha de perto a confecção de fantasias e funcionamento das alegorias. “Quando chega o mês de junho eu, praticamente, moro na Cidade Garantido”, conta.

Dos dezesseis anos que defende o item 12, André acumula treze vitórias, dois empates e somente uma derrota. Um currículo invejável o deixa no topo dos itens individuais que mais vencem no festival.  Para manter a sequência de títulos, o Pajé mantem uma rotina de ensaios, treinamentos físicos e acompanhamento daquilo que vai acontecer na arena do bumbódromo. “O fruto de toda essa preparação são as vitorias”, conta André.

 

Condicionamento físico

André conta que nesta fase próxima do festival a preocupação maior é com o condicionamento físico. O educador físico, Marcelo Almeida, coordena os trabalhos de treinamento funcional realizados em quadras de areia. A área externa do ginásio Elias Assayag é um dos locais de preparação. São três horas de atividades durante a semana.

Devido ao uso de fantasias pesadas e ao tempo de apresentação, o treinamento tem foco na tonificação muscular e na resistência corporal do Pajé. Exercícios para as pernas, braços e de condicionamento físico são constantes para que a parte cênico coreográfica não seja comprometida.

Jogar basquete é outra atividade física que mantém André em forma para as apresentações. A prática da modalidade acontece todos os dias a partir das 19h no Circuito Escorpião, Praça dos Bois. Ele garante que, além de perder calorias, ganha resistência.

 

Alimentação

 

André é graduado na área da saúde (fisioterapia) e isso ajuda a ter preocupação conhecimentos para uma boa alimentação. As refeições do pajé campeão são à base de verduras, frutas e, principalmente, peixes. 

A irmã de André, Rôse Nascimento, é nutricionista e ele conta que aprende muito com ela, como por exemplo o fato de que o jaraqui é rico em Ômega 3, alimento do cérebro, daí então passou a ter o pescado como um dos principais itens do cardápio.

 

Dança

André conta que a coreografia de arena é montada durante os três dias de ensaio técnico na Cidade Garantido. Ele afirma que não tem uma sequência definida de passos que são seguidos durante a apresentação no bumbodromo, mas sempre tem uma base de dança que ajuda na exibição para os jurados.

O pajé afirma que sempre gostou de inovar no festival tanto na expressão corporal como nos passos de danças. A comissão de arte dá carta branca para que ele mesmo possa criar a coreografia. A parte cênica conta com o estudo feito do momento a ser encenado no espetáculo, em conjunto com a tribo que estiver contracenando.

 

Confiante

André tem grandes expectativas para o festival deste ano. Ele acredita no tricampeonato do Garantido devido a importância que o festival tem esse ano. “Eu considero esse festival de 2015 um festival histórico pelos 50 anos da disputa”, conta.

Com reconhecimento aos longos anos de dedicação ao boi, o pajé ganhou uma homenagem o compositor Paulinho Du Sagrado com a toada Pandré. “Eu me sinto muito honrado e feliz com o presente que o Paulinho Du Sagrado fez direcionada ao pajé do boi bumbá Garantido. Isso pra mim é uma fonte pra mim que facilita minha apresentação”, se emociona.

Para o Festival Folclórico de Parintins na arena do bumbodromo André se diz pronto para a disputa. “Posso dizer que eu estou preparado para ir pra arena. Se Deus quiser mais uma vitória com todo o suor que eu derramei de preparação, com toda a garra que eu tenho, com todo o amor que eu sinto pelo boi bumba Garantido”, finaliza.

 

 

Assessoria de imprensa:

 

Chis Reis (92) 9985-4115 DRT 143/AM

Dora Tupinambá (92) 9116-2482

Neudson Corrêa (92) 9167-3206 DRT 133/AM

Marcondes Maciel (92) 9255-9191 DRT 871/AM

 

 

Universidade do Garantido promove mostra cultural “Identidade de um povo em múltiplas artes”

 10-boimirim-garantido-parintins

Os alunos, professores e direção do projeto social desenvolvido na Universidade do Folclore do Garantido – Centro Educacional “Paulinho Faria” realizam a primeira noite cultural denominada “Identidade de um povo em múltiplas artes”.

 

O evento realizado na área do educandário reuniu pais dos alunos e a comunidade para uma mostra dos resultados práticos das oficinas de arte plásticas, pintura, desenho, artesanato, dança com balé clássico e folclórico, nas música com percussão, teclado, cavaquinho e violão.

A desenvoltura das crianças com os instrumentos musicais, a habilidade com o lápis de cera e grafite para o desenho, o manuseio dos pinceis para pinturas em telas, a técnica de moldurar a massa para a confecção de peças decorativas e bonecos com biscuit e com o artesanato foram os principais pontos de destaque na apresentação ao público.

De acordo com diretor Universidade do Folclore do Garantido, Márcio Porto, os cursos são voltados para a arte plástica, música, dança, percussão, teclado, violão, inglês, pintura, desenho, cavaquinho, capoeira, artes em biscuit e durepox. “Trabalhos com materiais naturais como cascas, raízes e cipó, além de massa do biscuit. É um trabalho prazeroso que fazemos com amor”, disse o diretor Márcio Porto.

Para a professora Vanessa Alfaia, instrutora de artes em biscuit, nos cursos os alunos tem a oportunidade de exercitar e desenvolver suas habilidades e potencialidades, visando enaltecer a cultura parintinense, a promoção de direitos, o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários por meio das atividades e ações desenvolvidas. “A convivência com as crianças é muito importante, pois elas interagem com os instrutores e o resultado é dos melhores possíveis”, disse Vanessa Alfaia. 

 

Texto e foto: Marcondes Maciel

você pode gostar também