Gov-01

Parintins endurece fiscalização do toque de recolher

A medida visa coibir a circulação e aglomerações durante a pandemia.

Parte da Avenida Amazonas, às 15:30h deste sábado, início do novo toque de recolher.

 

 

Em reunião na manhã deste sábado (09), a Prefeitura de Parintins definiu, junto à Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e órgãos municipais os detalhes da operação para o cumprimento do toque de recolher com mais rigidez.

Em decreto publicado na última sexta-feira (08) fica estabelecido o toque de recolher das 15h às 6h. A medida visa coibir a circulação e aglomerações durante a pandemia.

 

Rua no bairro do Itauna

“Estamos liberando somente o funcionamento do comércio essencial das 6 às 15 horas. Às 15 horas fecha tudo. Só pode funcionar delivery”, enfatiza Bi Garcia. De acordo com prefeito, está liberado o funcionamento de drogarias, farmácias, lanchonetes, restaurantes e supermercados que trabalham com entregas.

O aumento no horário do toque de recolher e o endurecimento da fiscalização nas ruas tem por objetivo baixar a curva de contaminação do coronavírus em Parintins. De acordo com o prefeito Bi Garcia, dependendo dos resultados das medidas, o Município pode decretar lockdown.

“Já se começa a discutir o lockdown. O lockdown é fechar tudo, não deixar sair mais ninguém. A gente passa 10, 15 dias trancados em casa, mas ninguém se contamina. É uma experiência que vários países executaram e que deu certo. Hoje já estão saindo do isolamento e estão voltando a funcionar naturalmente por causa dessa regra de lockdown”, frisa.

 

SECOM

Fotos: Pitter Freitas/Carlos Frazão/Walter Lobato

você pode gostar também