Campanha Caburi

Pescador é encontrado morto nas proximidades do Matadouro

O pescador José Antônio Tavares da Silva, 62, natural da cidade de Oriximiná, foi encontrado morto pelo melhor amigo ao lado de sua canoa na manhã desta terça-feira, 01, nas proximidades do Matadouro Frigorífico de Parintins, 369 km de Manaus.

De acordo com a filha do pescador, a artista plástica Luziene Cansansão (Luluk) “ele saiu por volta das 6h da manhã junto com o amigo dele (Jaquinha), porque eles tinham o costume de pegar camarão num dia e ir pescar no outro. Na manhã de hoje fomos surpreendidos pelo Jaquinha que nos comunicou que ele tinha encontrado meu pai morto no lado da canoa”.

O vizinho da vítima, Fernando de Jesus relatou que “eles sempre pegavam camarão para pescar, mas sempre o seu Zé como era conhecido o Antônio ia na frente, chegando lá o Jaquinha não encontrou o Antônio, achou somente o óculos e o chapéu dele (Zé) na canoa, segundos depois ele se deparou com a cabeça do parceiro de pesca na água e o puxou, depois informou os familiares sobre o ocorrido”.

O pescador era casado com a parintinense Marlene da Silva e há 37 anos residia na Rua Professor Pena Ribeiro, Nº 979, Bairro de Santa Clara.

Devido à demora da viatura do Corpo de Bombeiros, o corpo do pescador foi encaminhado por um carro ao Instituto Médico Legal, IML, da cidade.

Kedson Silva/JI

você pode gostar também